Fábio precisará renovar contrato com o Cruzeiro se quiser chegar a mil jogos pelo clube e igualar lendas

Fabio Utz
·1 minuto de leitura

O Que Pelé, Rogério Ceni e Roberto Dinamite têm em comum? São os únicos brasileiros, até hoje, a entrar em campo mais de mil vezes por um único clube no país - respectivamente, Santos, São Paulo e Vasco da Gama. Fábio, dos atletas na ativa, é aquele que está mais perto de entrar neste seleto grupo. Porém, como mostra reportagem do GE.Globo, se quiser atingir esta meta com o Cruzeiro, precisará renovar seu contrato.

Friedemann Vogel/Getty Images
Friedemann Vogel/Getty Images

O atual vínculo do goleiro termina ao final de 2021 e, mesmo se a Raposa avançar ao máximo em todas as competições do ano e o jogador participar de 100% dos compromissos, a marca ainda não será batida. Até o momento, Fábio disputou 917 jogos pela equipe mineira (está no time, de maneira ininterrupta, desde 2005, mas também tem uma passagem anterior no ano 2000). Poderá chegar a 923 com os duelos restantes da Série B de 2020. A partir de então, serão até 15 partidas no Estadual, 12 na Copa do Brasil e 38 no Nacional. A soma atinge, no máximo, 988.

Koichi Kamoshida/Getty Images
Koichi Kamoshida/Getty Images

Fábio chegou aos 40 anos em setembro e, em sua trajetória pelo Cruzeiro acumula sete títulos do Campeonato Mineiros, três da Copa do Brasil e dois do Brasileirão. Como curiosidade, Ceni entrou em campo 1.237 vezes pelo Tricolor paulista, Pelé vestiu a camisa do Peixe em 1.116 oportunidades e Dinamite defendeu o Gigante da Colina em 1.110 duelos.

Para mais notícias do Cruzeiro, clique aqui.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.