Fábio Costa diz preferir Mascherano a Tévez no Corinthians de 2005

LANCE!
·1 minuto de leitura


O convidado do Resenha ESPN desta semana é Fábio Costa. Campeão brasileiro por Santos e Corinthians, o ex-goleiro falou sobre sua carreira e revelou que em sua opinião Tévez não era o jogador que mais desequilibrava na equipe corintiana de 2005. Apresentado por André Plihal, com participações de Alex, Fábio Luciano e Luizão, o Resenha inédito será atração do canal ESPN Brasil nesta sexta-feira, às 22h.

Atleta que marcou época nas equipes alvinegras, Fábio Costa foi campeão nacional em 2002 e 2005 por Santos e Corinthians, respectivamente. No Peixe, se destacavam a dupla Robinho e Diego. Já no clube da capital paulista o grande astro era o argentino Carlitos Tévez, que inclusive ganhou a Bola de Ouro do Campeonato Brasileiro. Ao ser questionado sobre qual equipe era a mais forte entre Santos de 2002 e Corinthians de 2005, o ex-goleiro foi enfático ao dizer achar o time santista superior na comparação.

Durante o programa, Fábio Costa surpreendeu ao dizer que para ele o jogador que mais fazia diferença no Corinthians não era o atacante argentino.

- Apesar de ser fã do Tevez, ele tem as características que eu gosto em um atacante, o grande diferencial daquele time era o Mascherano. Era o cara que dava qualidade na saída de bola, organizava o time todinho na parte defensiva. Essa é a diferença de visão do cara que tá dentro do grupo, que consegue fazer esse tipo de análise. É muito fácil ver o cara que faz gol, mas pra bola chegar com qualidade precisa de alguém. Quem é esse cara? Pra mim o grande jogador daquele time, apesar de tudo que o Tevez fez, o cerebral era o Mascherano - disse o ex-goleiro corintiano.