Experiência x novidade: Atlético de Madrid recebe o Leicester

Em duelo pelas quartas de final, equipes colocam tradição na competição e o sonho de continuar surpreendendo frente a frente

Fazendo um confronto que pode ser o mais brigado das quartas de final da Liga dos Campeões, Atlético de Madrid e Leicester City se enfrentam nesta quarta-feira, às 15h45 (de Brasília), no Vicente Calderón. As duas equipes tem estilo de jogo parecido, especialmente nesta competição, e o embate promete ser interessante.

Para chegar até a atual fase, os Colchoneros deixaram o Bayer Leverkusen pelo caminho, vencendo a primeira partida na Alemanha por 4 a 2 e ficando no 0 a 0 na Espanha. Já os Foxes eliminaram o Sevilla de Jorge Sampaoli. Os espanhóis venceram o primeiro confronto por 2 a 1, mas perderam por 2 a 0 na Inglaterra.

Experiente, o Atlético chega às quartas de final pela quarta vez consecutiva. Em duas dessas oportunidades, inclusive, a equipe chegou até a final, quando foi batida em ambas pelo Real Madrid. Tentando se aproveitar também de sua superioridade técnica, a equipe espanhola precisará se adaptar e terá o desafio de buscar jogo e desafiar seu adversário.

Para a partida, os Colchoneros podem ter problemas. Por lesão, Kevin Gameiro não treinou com o grupo, o que o coloca como uma forte dúvida para o embate. Moyá, Vrsaljko e Augusto Fernández também não jogam. Nicolás Gaitán está de volta aos treinamentos, recuperado de uma tendinite, e o português Tiago treina sem problemas após machucar o joelho.

- É uma equipe muito forte fisicamente, que sabe o que faz em campo. São os atuais campeões da Premier League, por isso precisamos respeitá-los. Vai ser difícil, mas vamos dar o nosso melhor para estarmos na próxima fase. Eles lutam por todas as bolas e tem uma excelente condição física. Dominam o seu estilo de jogo e atacam de forma direta. Atacam e defendem como um bloco. Vai ser complicado - disse Koke.

LEICESTER CHEGA CONFIANTE

Do outro lado, o Leicester vive um sonho já em sua primeira temporada na competição europeia, já que terminou em primeiro na fase de grupos e ainda passou por um complicado Sevilla. Além disso, após começar a temporada em fase de muita instabilidade e crise, os Foxes vivem uma crescente com o técnico Craig Shakespeare.

Apesar da derrota para o Everton na última rodada do Campeonato Inglês por 4 a 2, a equipe chega confiante para o duelo. O único (e grande) problema será a ausência do capitão Wes Morgan. Mendy e Wague também são desfalques. O nigeriano Ndidi ainda é dúvida.

- Eles têm um espírito competitivo incrível, uma grande ética coletiva, trabalham muito durante os jogos e são fantásticos no contra-ataque. A equipe tem muita qualidade e vai ser difícil superá-los. São uma daquelas equipes que ninguém quer enfrentar - analisou Leonardo Ulloa em entrevista ao "Marca".

- Somos uma família. Todos envolvidos nesse clube, desde os cozinheiros aos funcionários de limpeza, amam o Leicester. São todos do Leicester e querem ver o Leicester ter sucesso. Quando chegamos depois de uma vitória, todos nos felicitam. Todos ficam encantados porque o seu clube ganhou. E isso faz uma grande ligação entre todas as pessoas, jogadores e torcedores. Isso é extraordinário para qualquer clube - falou Albrighton.

FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO DE MADRID X LEICESTER

DATA/HORA:



11/04/2017, às 15h45 (de Brasília)
LOCAL: Vicente Calderón, Madri (ESP)
ÁRBITRO: Jonas Eriksson (SUE)

ATLÉTICO DE MADRID: Oblak; Juanfran, Savić, Godin, Filipe Luís; Carrasco; Gabi, Koke, Saúl Ñiguez, Griezmann, Torres. Técnico: Diego Simeone.

LEICESTER: Schmeichel; Simpson, Benalouane, Huth, Fuchs; Mahrez, Drinkwater, Ndidi, Albrighton; Okazaki, Vardy. Técnico: Craig Shakespeare.

























E MAIS: