Exercícios físicos contribuem para um sono melhor, aponta estudo

Exercícios físicos devem ser feitos regularmente (Foto: Pexels)


A insônia é um distúrbio do sono causado pela dificuldade de dormir, ou complicações para descansar de maneira contínua, acordando algumas vezes durante o período. Segundo estudos da Associação Brasileira do Sono, 73 milhões de brasileiros alegam sofrer desta adversidade, caracterizada por vários especialistas como o “mal do século”.

Além da dificuldade para dormir, a insônia pode trazer outros impactos que vão além do sono, como estresse, depressão, ansiedade, doenças cardiovasculares, respiratórias e até psiquiátricas, por exemplo. Assim, é importante que as pessoas busquem maneiras e alternativas para melhorarem a qualidade do sono e reduzir as chances de insônia, e uma das soluções que pode ajudar é a atividade física.

Um dos exemplos de exercícios que podem ajudar na qualidade do sono são os aeróbicos. Pesquisas indicam que atividades que envolvam movimentos que envolvam oxigênio de forma regular ajudam as pessoas a dormir com mais rapidez e acordar menos durante a noite, fazendo com que descanso seja melhor e que no dia seguinte a pessoa acorde bem.

Além disso, uma boa noite de sono melhora o humor das pessoas e assim, reduz os sintomas de problemas emocionais e mentais como ansiedade e depressão, ajudando na melhora não só do descanso, mas da qualidade de vida como um todo.

Por fim, grande parte dos exercícios físicos são válidos para essa questão, e basta apenas que a pessoa escolha atividade na qual ela mais se adapte ou goste. Exemplos como natação, corrida ou até a musculação podem ser benéficos na busca por um sono melhor.