Exclusivo: Rodrigão revela os motivos do corte de Ricardinho

Bruna Dealtry, Guilherme Coreixas, Henrique Marques
Yahoo! Esportes

Alguns segredos no esporte intrigam jornalistas e torcedores. No Brasil, os mais famosos: o que aconteceu com Ronaldo na final da Copa do Mundo de 1998? O que os dirigentes da Ferrari falaram para Rubinho para deixar Schumacher ultrapassar nos últimos metros? E o porquê Ricardinho foi cortado da seleção brasileira de vôlei às vésperas do Pan de 2007. Pois é, este último quebra-cabeça começou a ser montado com mais detalhes.

LEIA TAMBÉM:

Mari fala sobre lesão, descarta seleção da Alemanha e flerta com vôlei de praia
Após eliminação, Gustavo cogita aposentadoria das quadras
Álvaro Filho é o novo parceiro de Ricardo
Assista outras entrevistas exclusivas sobre a polêmica de Ricardinho no EI Plus! Clique aqui!

O segredo, que era guardado pelos jogadores e membros da comissão técnica, nunca foi abordado tão a fundo. Quando questionado sobre o assunto, Rubinho, auxiliar da seleção brasileira, não entrou em detalhes, Bernardinho disse:

"Quando você tem que dar uma bronca, ou punir o seu filho, você vai contar para os outros o que o seu filho fez? Então não tem o porquê de externar isso."

Em 2007, aconteceu uma das maiores polêmicas do vôlei mundial. O técnico da seleção masculina cortou o levantador Ricardinho, que era considerado o melhor jogador do mundo, de um dos grupos mais vencedores do esporte às vésperas do Pan-Americano do Rio de Janeiro. Boa parte dessa história, que era uma das mais bem guardadas do esporte, foi desvendada por um dos personagens daquele grupo:

"Foram vários pontos que ele (Ricardinho) reclamava, às vezes com razão. Ele falava que a seleção brasileira não poderia estar num hotel desses. A gente ficou num hotel de passagem, onde geralmente ficávamos uma noite, e nós ficamos uma semana em condições não ideais. Ele realmente estava com a razão, só que ele tinha que conversar com o Bernardo, mas ao invés de conversar com Bernardo, ele falava no ônibus com todo mundo que era um absurdo, fazia gracinha com a situação e não pode, eu acho que é uma coisa mais particular. Eu acho que esses erros que o Ricardo fez, que o Bernardo avisou que estava incomodando, que não estava mais legal, para dar uma maneirada, e que ele não fez, aí espalhou", relembrou o meio de rede campeão olímpico Rodrigão.

Sobre o assunto muitas versões foram dadas, mas nada muito esclarecedor. Seis anos mais tarde, em uma entrevista exclusiva com o Yahoo! Esporte Interativo, o meio de rede Rodrigão contou detalhes do acontecimento.

"Sobre o Ricardo é muito fácil de falar, ele tinha as ideias corretas, ele falava em nome do grupo só que de uma maneira errada. Ele como capitão do time, deveria chegar no Bernardinho e falar o que pensava, o Bernardinho é um cara que sabe escutar, se você chega pra ele com uma certa conversa, uma certa razão", disse Rodrigão.

As polêmicas entre o técnico e um dos melhores levantadores da história deram o que falar. Os desentendimentos entre os dois eram óbvios, mas os reais motivos sempre foram um mistério.

 "O Ricardo não estava errado, ele tinha razão em algumas coisas que ele falava, ele tinha uma ideia certa, ele é um cara muito inteligente, muito observador. Só que ele fazia da forma errada, de uma forma pública, no meio de todo mundo, de pessoas que talvez não precisavam saber da intimidade do grupo, da conversa, e eu acho que esse foi o grande erro dele", disse o meio de rede.

Bernardinho sempre ficou conhecido por seu espírito de equipe. Ele sempre deixou claro que no time dele não tem ninguém melhor do que ninguém, e sempre tratou todos iguais. Até os prêmios individuais são divididos igualmente com todos os membros do time.

"O Bernardo tomou uma atitude, avisou a ele primeiro sobre essa questão de não espalhar um negócio, falar individualmente ou com o grupo, e não jogar no ventilador, em público,  na frente de pessoas que não precisava, e ele acabou punindo o Ricardo pra ver se ele entendia o alerta dele", disse o atleta.

Ricardinho foi um dos responsáveis pela revolução do volei nos últimos anos. Jogando sempre com bolas rápidas e precisas, o atleta sabia da sua importância na equipe e talvez não tenha feito as melhores escolhas.

"Depois do corte foi ainda pior, porque aí ele foi pra imprensa, já não era só a gente, foi pra imprensa e falou mais coisas que não eram pra serem expostas e acabou sendo prejudicado. Ele foi o principal prejudicado, o grupo sofreu mas ele foi muito prejudicado, ficar de fora de uma olimpíada, um cara da qualidade dele, do caráter dele, um cara que eu admiro, ele não podia ter ficado de fora", contou o jogador.

Esse foi apenas um dos assuntos abordados no Via Esporte com Rodrigão. O programa, com a entrevista exclusiva, vai ao ar neste sábado às 9h! 





























 




Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também