Exame detecta entorse no tornozelo e confirma Bruno fora do clássico

A ausência do lateral direito Bruno no clássico contra o Corinthians, neste domingo, no Morumbi, pelo Campeonato Paulista, está confirmada. Nesta quinta-feira, o jogador foi submetido a uma ressonância magnética, que constatou um entorse no tornozelo direito, ocorrido no empate por 1 a 1 com o Botafogo-SP, na última quarta, em Ribeirão Preto.

Bruno já iniciou a fisioterapia no Reffis e ficará entregue ao departamento médico em período integral (manhã e tarde) até voltar a reunir condições para treinar no campo novamente.

A lesão ocorreu aos 12 minutos do segundo tempo, quando o camisa 2 chegou à linha de fundo para cruzar, mas levou um carrinho de Diego Pituca e teve o seu pé direito preso entre o gramado e o adversário. Em seguida, o técnico Rogério Ceni colocou Lucas Fernandes em seu lugar, improvisando Araruna na lateral direita.

No início, havia uma preocupação entre os médicos do São Paulo de fratura no tornozelo direito, o que não foi confirmado em um raio-x realizado ainda em Ribeirão Preto, após a partida. Nesta manhã, a ressonância magnética afastou qualquer possibilidade de uma lesão mais grave em Bruno.

Além do camisa 2, Buffarini também é desfalque certo para o Majestoso. O argentino está com a seleção de seu país na disputa das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018 e também não estará à disposição para o jogo contra o São Bernardo, no dia 29, pela última rodada do Estadual.

“Como o Buffarini está na seleção Argentina, eu não tenho outro lateral. Vamos pensar durante os dois ou três próximos dias para achar uma solução. Pode ser o Thiago Mendes, pode ser o Araruna, pode ser o Wellington, preciso pensar. Precisarei de alguém que faça pelo menos a função de marcar, já que tenho como sair com o Júnior Tavares pelo lado esquerdo”, analisou o técnico Rogério Ceni, em entrevista coletiva, após o confronto com o Botafogo-SP.