Ex de Wild, influencer acusa tenista de traição e diz estar à base de rivotril

·3 minuto de leitura


Thiago Wild se envolveu em uma polêmica na noite deste sábado. A influencer e biomédica Thayane Lima usou suas redes sociais, com mais de 1,3 milhão de seguidores, para afirmar que o tenista brasileiro a traiu.

E para confirmar o que estava dizendo, ela mostrou conversas do paranaense com amigos dele, onde ele a chamava de corna.

Thayane também disse que o relacionamento esfriou após o número 119 do ranking esteve fora do Brasil para disputar torneios da ATP. “Ele passou 50 dias fora e voltou completamente diferente. Ele estava completamente frio e mulher tem feeling, eu sabia que tinha alguma coisa errada. Eu tentei perguntar se tinha alguma coisa e ele disse que não. Eu nunca mexi nas coisas dele, tinha senha de celular e computador e nunca olhei. Mas dessa vez o computador dele estava aberto e eu fui ver porque sabia que tinha alguma coisa. E no fim não foi uma traição, foram cinco”, disse a influenciadora em sua rede social.


No seu retorno aopPaís, segundo Thayane, Wild preferiu ficar em São Paulo por uma noite em vez de ir diretamente ao Rio de Janeiro, onde morava com Thayane. De acordo com a biomédica, na capital paulista, o tenista, juntamente com os amigos, contratou quatro acompanhantes de luxo, e em seguida foi para uma balada, onde conheceu uma outra mulher e passou a noite com ela no hotel em que se hospedava. Ela criticou o comportamento do tenista.


“Depois que descobri tudo perguntei pra ele se ele teve o mínimo de noção de se prevenir nessa orgia e ele disse que não. Ainda tive que ir no ginecologista me cuidar. A pessoa não tem respeito, cuidado. O cara me traiu, imagina se eu pego uma doença. Quer trair, beleza? Mas só ferra a sua vida. Ele não pensou em mim nem nesse aspecto”, enfatizou a ex-namorada do tenista.


Thayane também criticou a atitude da família de Wild, que foi conivente com o comportamento do brasileiro e que não lhe deu apoio em nenhum momento. “Não tive consideração nem da família dele, é tipo 'acabou, descarta'. Eu descobri isso tudo numa terça, passou um tempo os pais dele não deixavam ele ter contato comigo pessoalmente dizendo que estava abalado psicologicamente, mas no fim de semana ele foi encontrar a menina com quem ele me traiu”, comentou.


Ela também falou que está sofrendo com o fim do relacionamento e que está precisando tomar anti-depressivos para poder lidar com esta situação. “Não está sendo fácil, mas hoje não tenho mais condições de falar. Já faz uns 20 dias que a gente terminou, já emageci 7kg. É um sentimento de decepção dividir sua vida com uma pessoa que não te respeita nem um pouco... Ele poderia simplesmente ter terminado comigo de boa, mas ele preferiu ser esse moleque”, concluiu.



De acordo com o portal UOL, o tenista não quis se pronunciar através da assessoria de imprensa do Instituto Rede Tênis Brasil onde treina.



"Estou vivendo à base de Rivotril (remédio tranquilizante) e, mesmo assim, estou sofrendo uma pressão psicológica absurda dele e da família dele." ... "Rivotril, para mim, está sendo água. Ele (Wild) ainda está sendo super covarde comigo, e a família, de certa forma, está sendo conivente."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos