Ex-Vasco, Daniel Gonçalves assume a coordenação científica do Palmeiras

Daniel Gonçalves (dir.) vai trabalhar no Núcleo de Saúde e Performance do Palmeiras (Foto: Divulgação)
Daniel Gonçalves (dir.) vai trabalhar no Núcleo de Saúde e Performance do Palmeiras (Foto: Divulgação)


Daniel Gonçalves anunciou no sábado sua saída do Vasco e assumiu o cargo de coordenador científico do Palmeiras. O novo funcionário já está em São Paulo (SP) e começou as atividades na Academia de Futebol.

Ele entra no lugar de Omar Feitosa, quem chegou a desempenhar a função nos últimos meses de 2019, mas foi demitido ao término da temporada. Durante quase dois anos o cargo estava vago, entre a demissão de Altamiro Bottino, em 2017, e a passagem de Omar, antes preparador físico.

Vanderlei Luxemburgo trabalhou com Daniel no Vasco na temporada passada, e houve uma boa integração com Antônio Mello, seu histórico preparador físico e que o acompanhou no Palmeiras. Além de Mello e Daniel Gonçalves, o técnico levou o auxiliar Maurício Copertino para a Academia de Futebol.

O coordenador científico é a figura que integra as áreas dentro do Núcleo de Saúde e Performance (entre as principais departamento médico, preparação física, fisioterapia, fisiologia e nutrição) e a comissão técnica.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também