Ex-TUF Brasil é suspenso por um ano após flagra em antidoping surpresa

Nicolau revela suspeita de suplemento contaminado. - Divulgação UFC

Flagrado em um exame antidoping surpresa, o ex-TUF Brasil Matheus Nicolau aceitou as normas propostas pela USADA (Agência Antidoping dos Estados Unidos) e recebeu um ano de punição. Suspensão está que é válida a partir de 13 de outubro, data em que seu exame foi coletado.

Aos 24 anos, o atleta foi testado positivo para o uso de anastrozol, substância proibida pela entidade e considerada um metabólico que é usado por atletas para impedir inibir a transformação do hormônio sexual masculino, a testosterona, na hormônio feminino, o estrogênio.

Como o resultado do teste se tornou público no dia 3 de novembro, Nicolau foi removido do card do evento que foi realizado em São Paulo no dia 19 daquele mês. Desde então, o peso-mosca (57 kg) aguardava a definição de seu caso.