Ex-treinadora da Ferroviária, Tatiele Silveira analisa última temporada e revela desejo de trabalhar no exterior

LANCE!
·2 minuto de leitura


Após o encerramento da época de 2020 para o time feminino da Ferroviária, Tatiele Silveira e o clube seguira caminhos diferentes. A treinadora deixou a equipe após "uma passagem extremamente vitoriosa e deixando um legado positivo", como citou a equipe em nota oficial.

Web não perdoa rebaixamento do Botafogo para Série B; veja os memes

Depois de chegar nas quartas de final do campeonato nacional e final do Paulistão, a técnica fez uma avaliação do cenário do futebol feminino Brasileiro em 2020.

- 2020 foi um ano desafiador para todos e para o futebol feminino também, mas mesmo com todas dificuldades penso que apesar de não ter evoluído como imaginávamos não houve uma regressão no sentido de calendário. As competições foram mantidas, as equipes se adaptaram as regras e protocolos de saúde e todos cumpriram seus compromissos.
O objetivo maior é exatamente resgatar o caminho de desenvolvimento e evolução na qual se encontrava - disse

VEJA A TABELA E SIMULE O RESTANTE DO BRASILEIRÃO

Antes de chegar ao seu trabalho mais recente, em que se tornou a primeira técnica mulher campeã do Brasileiro Feminino A1, Tatiele também fez sucesso no seu estado de nascimento. Natural do Rio Grande do Sul, ela passou pelas base de Inter e Grêmio, além do trabalho na comissão da Seleção Brasileira Feminina Sub-17.

Em 2017 e 2018, comandou o time principal das Gurias Coloradas. Após acumular grandes experiências no Brasil, Tatiele sonha também em ter a chance de trabalhar no futebol estrangeiro.

- Sem dúvida tenho sim o desejo de buscar um desafio internacional e uma vivência fora do país. Está nos planos de carreira essa experiência, conhecer outras culturas de futebol e desenvolver minhas ideias de jogo em equipes fora do Brasil. Já tive a oportunidade de trabalhar com categorias de base nos EUA e foi uma experiência muito enriquecedora na minha formação e crescimento como treinadora - finalizou a profissional.