Ex-treinador aciona Barcelona na Justiça e cobra valores de rescisão em aberto, crava rádio

Nathalia Almeida
·1 minuto de leitura

Enfrentando uma crise financeira de grandes proporções - cenário alavancado pela pandemia global de covid-19 -, o Barcelona ainda se vê diante de uma situação problemática envolvendo um ex-profissional do clube. Demitido antes do encerramento de seu contrato, o técnico Quique Setién está buscando as vias jurídicas para receber o que lhe é de direito.

De acordo com a apuração da Catalunya Ràdio, o experiente comandante decidiu por processar o Barcelona após não chegar a um denominador comum sobre valores, durante a negociação direta com o clube. Setién alega ter direito a receber determinadas taxas estabelecidas em seu contrato, que tinha validade até junho de 2021.

Deportivo Alaves v FC Barcelona - La Liga | Juan Manuel Serrano Arce/Getty Images
Deportivo Alaves v FC Barcelona - La Liga | Juan Manuel Serrano Arce/Getty Images

Como bem lembra a ESPN, a rescisão contratual do técnico foi paga pelo gigante catalão, afinal, se esse valor não tivesse sido quitado, Setién seguiria legalmente vinculado ao clube e o anúncio de Ronald Koeman não poderia ter sido sacramentado. Os valores cobrados pelo ex-treinador dizem respeito ao tempo de contrato não-cumprido, além outros gatilhos/taxas não inclusos na rescisão.