Ex-técnico de Djokovic exalta títulos de Federer: “É o cara do momento”

Boris Becker, ex-número 1 do mundo, dono de seis Grand Slams e ex-técnico de Novak Djokovic, não poupou elogios para os dois principais rivais do sérvio: Roger Federer e Rafael Nadal. No Aberto da Austrália, os tenistas disputaram a final, vencida pelo suíço, que ainda faturou o título do Mastes 1000 de Indian Wells. Para o alemão, não é surpresa que os atletas voltem a vencer, mesmo tendo tido problemas físicos em 2016.

“Não devemos nos surpreender por um vencedor de 18 Grand Slams vencer mais um título, assim como Rafael Nadal, um homem capaz de ganhar 14, chegar a outra final. É certo que você pode surpreender com o nível do seu tênis depois de ter estado seis meses sem jogar, como no caso de Federer, ou quatro, como no de Nadal. A verdade é que Roger está se mostrando em um grande nível e é o cara do momento”, disse ao canal indiano NDTV.

Apesar de ter treinado Djokovic, Becker acredita que Murray esteja um patamar à frente. Mesmo assim, o ex-treinador acredita que o sérvio pode recuperar a liderança do ranking mundial. Nole perdeu o número 1 para o britânico em novembro de 2016.

“O ranking não mente e, atualmente, os melhores são Andy Murray e Novak Djokovic, e assim sucessivamente. Novak é um grande campeão e pode recuperar o número 1 do mundo”, finalizou o alemão.