Ex-presidente do Flamengo, Gilberto Cardoso Filho morre de Covid-19

·1 min de leitura


Aos 82 anos, Gilberto Cardoso Filho, ex-presidente do Flamengo, morreu na noite da última segunda-feira, em decorrência de complicações da Covid-19. Conhecido como Gilbertinho, ele presidiu o Rubro-Negro entre 1989 e 1990 e, interinamente, em 2002.

Nas redes sociais, o Flamengo, que completou aniversário de 126 anos ontem, lamentou o falecimento do ex-mandatário do clube:

- O Clube de Regatas do Flamengo lamenta profundamente o falecimento do ex-presidente Gilberto Cardoso Filho. Em sua trajetória como desportista foi, durante 12 anos, vice-presidente de várias pastas, além de ocupar por cinco anos a presidência do Conselho Deliberativo.

Gilberto Cardoso Filho era presidente do Flamengo no ano que o clube conquistou a Copa do Brasil pela primeira vez, em 1990. Em 2002, quando era interino no cargo, foi responsável pela transição do impeachment do então presidente Edmundo dos Santos Silva.

> Fla joga amanhã! Veja e simule a tabela do Brasileirão

Atuais vice-presidentes do Flamengo, Marcos Braz (Futebol) e Luiz Eduardo Baptista (Relações Externas) prestara uma homenagem a Gilberto Cardoso Filho nas redes sociais. Confira:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos