Ex-presidente da Argentina chama seleção alemã de 'raça superior' e gera polêmica

Termo gerou polêmica na web  (Foto: Reprodução/ Twitter)


Uma entrevista polêmica de Mauricio Macri, ex-presidente da Argentina, ao canal "TN", sobre a Copa do Mundo vem dando o que falar. Ao citar a Alemanha entre uma das possíveis candidatas ao título, o político utilizou o termo "raça superior" para justificar o potencial dos alemães.

+ Os jogadores que estão no álbum, mas não vão para Copa do Mundo do Qatar

Na resposta sobre os favoritos, Macri também citou outras seleções, como o Brasil, maior rival dos hermanos. Mas o que acabou chamando a atenção na conversa com a emissora argentina foi a justificativa para não descartar a Alemanha da corrida pelo título mundial.

- Entre os cinco candidatos que hoje podem ganhar, obviamente tem o Brasil, Portugal com jogadores muito bons, França também com jogadores muito bons e o último campeão e a Alemanha que nunca pode ser descartada porque é uma raça superior, sempre jogam até o final - disse.

+ Abertura da Copa do Mundo 2022: veja data, horário e atrações da cerimônia

Principal jornal esportivo da Argentina, o Olé chamou a declaração de Macri de "polêmica". Além disso, o veículo citou que a expressão utilizada pelo ex-presidente, que governou o país entre 2015 e 2019, levantou reações contrárias as falas do político.

Veja abaixo algumas reações: