Ex-Paraná, lateral fala sobre experiência de atuar no futebol da Armênia: 'O nível aumentou'

·1 minuto de leitura


O lateral-esquerdo Juninho, com passagem pelo Paraná, entre 2018 e 2020, onde fez 45 jogos, tem neste ano outro desafio na carreira: atuar no futebol da Armênia. Defendendo as cores do Punyk Erewan, ele conta suas experiências no país, que faz fronteira com Turquia, Azerbaijão, Geórgia e Irã.

- Está sendo uma experiência muito boa, uma nova cultura e nova língua. Estou me esforçando para a comunicação ser através do inglês. É o meu início aqui e está sendo ótimo. Um país, que agora é muito calor, mas em dezembro o clima fica negativo. Chega até a nevar também - comentou Juninho, que tem contrato válido até o dia 30 de maio de 2022.

O Punyk Erewan é um dos clubes grandes do país, sendo o maior campeão da liga nacional com 14 títulos de Armenian Premier League. Além da liga, o clube também já conquistou oito vezes a Copa Independência da Armênia e nove vezes a Supercopa da Armênia.

Atualmente, o time dele está no 5º lugar na Liga da Armênia com sete pontos. A competição tem 10 participantes da elite e Juninho revela que as equipes buscaram se reforçar para a temporada 2021/22.

- O nível aumentou demais do campeonato este ano. Foram contratados muitos estrangeiros, então deixa mais competitivo. É uma competição muito boa para jogar e estou feliz no país. Uma experiência diferente, a minha primeira fora do país e estou aprendendo demais nesse tempo aqui - finalizou ao jogador de 26 anos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos