Ex-Palmeiras, Victor Sá torce por duelo contra a equipe brasileira no Mundial de Clubes

·1 min de leitura


Na última segunda-feira (29), a Fifa realizou o sorteio das chaves do Mundial de Clubes, que será disputado nos Emirados Árabes, do dia 03 ao dia 12 de fevereiro de 2022. Um dos participantes do torneio será o Al Jazira, atual campeão da UAE League, será representante do país sede na competição mundial. Um dos brasileiros do time, o atacante Victor Sá, comentou o sorteio da competição.

- Vamos entrar logo na primeira fase e temos que estar preparados para essa competição. O sorteio nos colocou no lado do Chelsea, mas antes teremos que enfrentar o Auckland City, equipe que já começamos a analisar e sabemos que não será fácil. Então, vamos nos preparar bastante, para que possamos fazer uma campanha tão boa quanto em 2017, quando o Al Jazira chegou nas semifinais e ficou em 4º lugar - disse.

Antes de chegar ao Al Jazira, Victor Sá atuou por duas temporadas no Wolfsburg, da Alemanha. O atacante ainda teve passagem de destaque pelo Lask, da Áustria, onde foi artilheiro e virou ídolo. Mas, o início da carreira do brasileiro foi no Palmeiras, possível adversário em uma final de Mundial. Victor não esconde o carinho pela equipe e torce por uma final contra o Verdão.

- O Palmeiras foi uma grande escola pra mim, tanto no futebol, como na vida. Foi um time que me ensinou bastante e pelo qual sou muito grato por tudo o que foi feito por mim. Depois que o Palmeiras ganhou a Libertadores, já comecei a pensar em um possível confronto no Mundial. Espero que possamos nos enfrentar na final - concluiu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos