Ex-lateral do clube e da Seleção, Gilberto assume coordenação de projeto na base do Flamengo

LANCE!
·2 minuto de leitura


Lateral esquerdo com passagens por clubes importantes, do Brasil e da Europa, e pela Seleção Brasileira, Gilberto assumiu a coordenação do Plano de Desenvolvimento Individual (PDI) do Flamengo, projeto que faz parte do processo de formação dos atletas das categorias de base do clube da Gávea.

Campeão do Carioca, em 1996, e da Copa dos Campeões da Libertadores, em 1997, como jogador do Rubro-Negro, Gilberto, hoje aos 44 anos, falou sobre a experiência de voltar ao Fla e a expectativa para o trabalho no Ninho do Urubu.

- Carrego uma experiência muito grande pelo fato de ter sido atleta profissional durante 18 anos, e ter passado por vários grandes clubes ao redor do mundo. A oportunidade que o Flamengo está me dando agora é única, mas sei que só estou aqui porque me preparei muito para isso. Isso me dá tranquilidade para encarar esse desafio da melhor forma possível, em um momento tão especial que o clube vive - afirmou o ex-lateral, antes de completar:

- Tenho muito respeito e gratidão ao clube aonde praticamente iniciei minha trajetória no futebol e que me deu tanto, e estar de volta ao Flamengo após tantos anos, agora em uma nova função, é uma oportunidade única na minha vida. Sei o tamanho da responsabilidade e do desafio que terei pela frente, mas me sinto preparado para entregar o melhor trabalho possível ficando à frente desse projeto tão especial e inovador no futebol brasileiro - afirmou Gilberto.

Ao site oficial do Flamengo, Gilberto, Coordenador do Projeto PDI, e Luiz Carlos, Gerente Geral do Futebol de Base, deram mais detalhes e ressaltaram a importância do Plano de Desenvolvimento Individual como parte do processo de formação dos "Garotos do Ninho".

- No projeto PDI (Plano de Desenvolvimento Individual), trabalharei com atletas dos 15 aos 20 anos, e serei subordinado ao Luiz Carlos, Gerente Geral do Futebol de Base. É um projeto novo no clube e no futebol brasileiro, e que tenho certeza de que fará o Flamengo colher muitos frutos já num futuro bem próximo. O principal objetivo do PDI é lapidar as principais joias da nossa base, e prepará-los da melhor forma possível para que cheguem ainda mais bem preparados no profissional, com relação às partes técnica, tática, física, psicológica e nutricional - explicou Gilberto.

- No Projeto PDI, nós selecionamos os atletas de maior potencial a partir da categoria Sub-15, e oferecemos a eles uma série de atividades complementares no contraturno dos treinamentos, de uma forma planejada para que não os atrapalhe nos estudos. Essas atividades são subdivididas em quatro pilares: tática, técnica, mental e física. Nosso objetivo principal é potencializar o que eles já têm de melhor, com trabalhos específicos totalmente personalizados e individualizados. Dessa forma, preparamos melhor os atletas para que cheguem ainda mais bem formados nas categorias subsequentes, desenvolvendo de forma mais completa as suas principais características - afirmou Luiz Carlos.