Ex-jogador da seleção da Nigéria escapa de tentativa de sequestro

·1 minuto de leitura
O ex-jogador Christian Obodo na época em que atuava pela seleção da Nigéria
O ex-jogador Christian Obodo na época em que atuava pela seleção da Nigéria

O ex-jogador Christian Obodo, com passagens pela seleção da Nigéria e pelos clubes italianos Fiorentina e Udinese, escapou de uma tentativa de sequestro no domingo no estado nigeriano do Delta, informaram fontes oficiais nesta segunda-feira.

Obodo, de 36 anos, foi abordado por um grupo não identificado no domingo na cidade de Warri, no sul do país, explicou à AFP o porta-voz da polícia local, Onome Onowakpoyeya .

"Eles empurraram minha namorada para fora do carro", disse Obodo à AFP, acrescentando que, além dos dois agressores, um terceiro homem armado estava em outro carro atrás.

“Eu orava e tentava conversar com eles e perguntar o que eu tinha feito, eles gritaram comigo e me disseram que se eu fizesse barulho eles me matariam. Quando olhei para trás e vi que tinha espaço, corri”, explicou Obodo.

Os sequestros realizados por gangues de criminosos são comuns no país mais populoso da África, especialmente na região rica em petróleo do Delta.

Obodo já foi sequestrado na mesma região em 2012 e resgatado um dia depois pela polícia. Na época, os sequestradores exigiram 188 mil dólares para sua libertação.

Depois de jogar pela Fiorentina e pela Udinese, entre outros, o ex-meia encerrou a carreira em 2017 no grego Apollon Smyrnis.

str-lhd/del/pm/lca