Ex-jogador critica possível escalação de Éder Militão na lateral: 'É contraditório'

Lucas Figueiredo/CBF


A Seleção Brasileira volta a campo nesta segunda-feira, às 13h, para enfrentar a Suíça pela segunda rodada do grupo G. Sem Danilo, o treinador Tite busca uma nova escalação para o confronto contra os europeus. O provável substituto para o lateral é a improvisação de Éder Militão no setor.

No programa "Central da Copa", da Globo, o ex-jogador Fred criticou a possível opção pelo zagueiro do Real Madrid para a substituição de Danilo. Segundo o comentarista, Daniel Alves, substituto de origem na posição, deve estar com algum problema físico.

+ Marquinhos revela processo de recuperação de Neymar: 'Está dormindo na fisioterapia'

- É um pouco contraditório por estar improvisando o Militão. Se você tem um da origem que é o Daniel Alves e você coloca um zagueiro no lugar. Talvez aconteceu alguma coisa com o Dani nos treinos ou até mesmo a falta de ritmo, porque ele ficou dois meses sem jogar - disse o ex-jogador.

Além de Fred, outros jornalistas também comentaram a possível entrada de Militão no lugar de Danilo. João Paulo Cappellanes também questionou a decisão de Tite em publicação nas redes sociais.

- Se ele escalar o Militão na lateral vai ser constrangedor! Vai preferir improvisar do que colocar o reserva imediato que ele quis abraçar sozinho?! - publicou o jornalista.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Por outro lado, André Henning se posicionou a favor da decisão de improvisar o zagueiro na função de lateral. Contudo, o narrador questiona a convocação final do treinador da Seleção Brasileira para a Copa do Mundo de 2022.

+ Tite assume erro com Danilo em jogo da Seleção na Copa do Mundo: 'Tinha que ter uma substituição'

- Opção do Militão no Danilo é a mais acertada (ao meu ver). Mas mostra o equívoco total da convocação final dos 26. Convocamos um turista??? Dito isso, seguimos forte. Candidatíssimos. O que não nos impede de fazermos críticas pontuais - publicou o locutor.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O Brasil entra em campo contra a Suíça na busca da classificação antecipada para as oitavas de final do grupo G. Além de Danilo, a Seleção também não contará com Neymar, lesionado, para a partida decisiva.