Ex-jogador de basquete do Barcelona reaparece após ser dado como morto por 40 anos

LANCE!
·1 minuto de leitura


Um ex-jogador de basquete, dado como morto no inicio dos anos 1980, foi encontrado em um asilo, aos 74 anos de idade. Charles Thomas, que vive no Texas, nos Estados Unidos, procurou o ex-companheiro de Barcelona na década de 1970 e conversou com ele através de uma vídeo-chamada.

Charles desapareceu após se separar da esposa e, apesar de nunca ter o corpo encontrado, as pessoas acreditaram na versão que ele tinha morrido após uma briga de rua nos Estados Unidos. Norman Carmichael contou ao 'Marca', da Espanha, que se surpreendeu ao ser procurado por Charles.

- Eu perdi a fala quando vi que era realmente ele na vídeo-chamada. Eu o reconheci por causa do seu sorriso. Ele conversou comigo com muita calma, só queria saber como eu estava, em nenhum momento ele parecia querer provar que era ele mesmo. Foi muito emocionante - disse Norman.

Charles foi o primeiro americano a jogar no Barcelona. Segundo uma das lendas em volta de seu nome, destaca-se a história que o clube catalão optou em contratar o atleta de 2,01m no lugar da lenda Kareem Abdul-Jabbar.

Após cinco anos no Barça, Charles defendeu o Manresa, também da Espanha, antes de voltar para os Estados Unidos e se envolver com drogas, perdendo o contato com companheiros do basquete. Seu passado conturbado, somado a história da briga, fizeram as pessoas próximas acreditarem que ele tinha morrido.