Ex-Inter e Vitória, Geferson completa 150 jogos pelo CSKA Sofia, da Bulgária

Geferson está na sua sexta temporada no CSKA Sofia-(Divulgação)


Geferson Teles atingiu uma significativa marca em partida pelo CSKA Sofia, contra o rival citadino Lokomotiv Sofia. Em duelo que ficou empatado por 0 a 0, o ex-jogador do Internacional e Seleção Brasileira, completou 150 jogos com a camisa do maior campeão búlgaro. Ele é o terceiro estrangeiro que mais atuou pela equipe da capital do país do Leste Europeu: Ibrahim Guy tem 160 partidas e Tiago Rodrigues, 154.

O jogador está na sua sexta temporada no CSKA Sofia. Ele chegou ao clube após disputar o Brasileirão com a camisa do Vitória em 2017. O atleta, então, aterrissou na capital búlgara em 2018, auxiliando no processo de reconstrução do clube. Desde então, Geferson foi campeão da Copa da Bulgária em 2021.

-É uma conquista que muito me honra e valoriza o meu trabalho duro, empenho e dedicação aqui no CSKA Sofia. Sou um dos estrangeiros que mais vestiu essa camisa que tem tanta história no futebol da Bulgária. Cheguei aqui em 2018, com o clube num processo de reconstrução, se reformulando e buscando se restabelecer como um dos principais nomes do futebol do país. Creio que cinco anos e 150 jogos depois consegui ajudar nesta jornada e o CSKA está cada dia mais forte- declarou.

Geferson chegou ao CSKA como lateral-esquerdo, mas no país também adicionou mais versatilidade ao seu jogo e tem atuado também como ala e volante nas últimas temporadas

O CSKA Sofia é, somente, o terceiro clube na carreira de Geferson. O atleta iniciou sua carreira no Internacional, realizando boas campanhas com a camisa colorada e sendo, inclusive, convocado para a Seleção Brasileira para disputa da Copa América de 2015. Após o Inter, Geferson foi emprestado ao Vitória, onde jogou 39 partidas, no ano de 2017. Desde 2018, o camisa 3 enverga as cores do CSKA Sofia, sendo um dos principais pilares do elenco rubro.

-Hoje, no futebol, é super comum um cara com a minha idade já ter jogado em oito ou dez clubes. Ter passado somente por três equipes, sempre atuando bastante e com conquistas, me traz muito orgulho. Significa que meu trabalho é apreciado e tenho conseguido cumprir com minhas obrigações e honrar a confiança que depositam em mim- afirmou.