Ex-ginasta pede que parem de postar vídeo da lesão que a tirou do esporte: 'Já foi horrível o suficiente'

A ex-ginasta já se recupera em casa da lesão que a tirou do esporte (Foto: Reprodução/Instagram)

Ex-ginasta pede que parem de postar vídeo da lesão que a tirou do esporte: 'Já foi horrível o suficiente'

A ex-ginasta já se recupera em casa da lesão que a tirou do esporte (Foto: Reprodução/Instagram)


O Campeonato Universitário de ginástica artística nos Estados Unidos, realizado há uma semana, ficou marcado por uma cena dolorosa e agoniante. Durante a apresentação de seu solo,a ginasta Samantha Cerio, da universidade de Auburn, errou seu pouso no tablado e quebrou as duas pernas.

A ginasta, que foi levada prontamente ao hospital após o acidente, usou as redes sociais para anunciar a aposentadoria do esporte. Já se recuperando em casa, a ex-atleta fez um pedido pelo Twitter: que parem de compartilhar e marcá-la no vídeo de sua lesão.

- Para quem está postando e me marcando no vídeo da minha lesão, peço para pararem. Passar pela dor e ver meus joelhos dobrados de forma não natural na vida real já foi horrível o suficiente. Não é certo continuar vendo isso em vídeos e fotos porque as pessoas se sentem no direito de repostar. Tenho família, amigos e companheiras de time que não precisam me ver lesionada de novo, e de novo, e de novo. Minha dor não é seu entretenimento - disse Samantha.

Ela falou em entrevista ao programa 'Today', dos Estados Unidos, sobre o que motivou o seu pedido.

- Acho que isso fez as pessoas mais conscientes do que elas veem na Internet. Quando você vê uma coisa como a minha lesão, você quer assistir a isso apenas para ver o que aconteceu, porque você está curioso, mas ao mesmo tempo você não pensa sobre as pessoas que isso pode impactar.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Mais no Yahoo Esportes:

Vasco e Flamengo tomam prejuízo em plena final do Carioca
Final aberta do Paulista com um SP em ascensão contra um Corinthians abaixo da média
Justiça dá ganho a Gustavo Henrique e Dorival em ação de árbitro
Vídeo de Cristiano Ronaldo escancara falta de incentivo a meninas no futebol

 

Leia também