Ex-Flu revela sondagem do Fla, alegria na Roma e pedido para disputar os Jogos Olímpicos

Goal.com

Destaque do Fluminense em 2018, Roger Ibañez desembarcou na Roma em janeiro deste ano após uma passagem sem muitas oportunidades pelo Atalanta e apesar de pouco tempo no time de Paulo Fonseca, o zagueiro acredita ter feito a escolha certa. Em entrevista exclusiva no instagram da Goal, ele revelou que teve outras propostas mas o "coração bateu mais forte" pelo time da capital italiana. 

"Foi recebida uma proposta do Bologna, sentamos e conversamos, eu falei com meu empresário para ir esperando, para ver se aparecia outro clube e quando chegou a proposta da Roma o coração bateu mais forte, é um clube grandíssimo, eu não pensei duas vezes em vir para cá". 

Ibañez também teve a oportunidade de voltar ao Brasil, ele tinha sondagens de vários times, entre eles o Flamengo de Jorge Jesus. O treinador sugeriu a contratação do zagueiro junto a diretoria antes de acertar com Gustavo Henrique, mas o ex-Fluminense queria mesmo seguir na Europa. 

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

"Eles sondaram bastante(o Flamengo), mas desde o início eu conversei com meus empresários dizendo que para mim seria melhor ficar na Europa por enquanto, que eu ia crescer na carreira. Tinha outros clubes brasileiros, mas a minha decisão era ficar aqui, fazer carreira. Entre as escolhas aqui, a Roma apareceu de última hora, é um grande clube, uma das potências na Itália e não tinha como dizer não. Foi uma escolha muito boa". 

Há pouco mais de um ano na Europa, Ibañez disputou apenas dois jogos pelo Atalanta e viu o sonho de disputar o pré-olímpico ser barrado pelo ex-clube. 

"Não liberaram, o Atalanta não me liberou, fiquei tracando. Fiquei bravo, mas faz parte, coisa do clube, era decisão deles. Da minha parte deixei claro que minha intenção era ir, infelizmente não pude ir, mas ainda bem que eles conseguiram a vaga e se Deus quiser vamos estar lá(em Tóquio)".

Roger Ibañez Brasil sub-23 2019
Roger Ibañez Brasil sub-23 2019

Sonhando com as Olímpiadas, transferida para 2021 por conta da pandemia do coronavírus, o zagueiro revelou um pedido especial ao acertar com a Roma. 

"Eu falei com meus empresários no dia que eu cheguei aqui, tem que ter uma cláusula nesse contrato que tem que ter a liberação, se não, não dá. Seleção, olímpiadas, qual jogador que nao gostaria de jogar? Eu deixei bem claro que desde o início a minha vontade é jogar as Olímpiadas e eu acho que sim(vão liberar), mas vamos ver futuramente se vão encrencar, acho que não. É um clube excelente, porque desde oinício me abraçaram, me deram o maior suporte".

Leia também