Ex-Fla, Trauco comemora final da Libertadores em "casa" e confia em título Rubro-Negro

Quando Lima foi escolhida a sede da final da Copa Libertadores da América, deslocada de Santiago por conta da ebulição social que assola o Chile, um jogador em especial sorriou ao saber que o Flamengo jogaria em sua 'primeira casa' no futebol.

Trata-se de Miguel Trauco, lateral que hoje veste a camisa do Saint-Étienne, da França, e foi revelado pelo Universitário (dono do palco da final) antes de chegar ao Rubro-Negro. O jogador de 27 anos fez parte da campanha do Flamengo até o segundo jogo das oitavas de final desta edição 2019. 

Miguel Trauco Flamengo
Miguel Trauco Flamengo
Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

"Estou muito feliz, tenho certeza que o Flamengo vai fazer de tudo para sair campeão na minha casa e para mim seria uma grande honra", disse o lateral, em rápido contato com a reportagem. 

Ao deixar o Flamengo em agosto deste ano, depois de três anos vestindo a camisa do clube, o lateral se declarou. 

"Deixo com as melhores lembranças e uma das melhores experiências que a vida poderia me dar. Obrigado aos meus companheiros de equipe e a torcida por esses três anos mágicos. Eles sempre estarão presentes em mim". 

De lá para cá, sempre que dá o jogador acompanha as partidas do Flamengo e, claro, caso o time conquiste a Libertadores ele receberá uma medalha, já que fez parte do elenco ate mais da metade da competição. 

Leia também