Ex-ESPN Brasil vence emissora na Justiça em ação trabalhista

O ex-ESPN Brasil Lúcio de Castro venceu a emissora na Justiça e terá reconhecido direitos trabalhistas pendentes. O jornalista entrou judicialmente contra o canal esportivo sobre vínculos empregatícios e pagamento de horas extras, férias, décimo terceiro e direitos previstos. Decisão ainda cabe recurso.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

O processo, que correu no Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região, não constava um valor fixo a ser pago e caminhava a ação desde 2017 na Justiça. Lúcio deve receber 1/3 de férias, FGTS com indenização de 40% e valores adicionais, segundo o "UOL".

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também:

Com salário pago por parceiros, Atlético-MG fecha com Sampaoli

Torcedores criam campanha para Gabigol pedir 'Palmeiras não tem Mundial'

City vence Aston Villa e conquista terceira Copa da Liga consecutiva

Lúcio foi repórter da ESPN Brasil entre 2010 a 2015 e fez parte de programas esportivos o "Bate Bola". Além dele, o narrador Dudu Monsanto participou das transmissões da emissora esportiva por 14 anos e cobra na Justiça Trabalhista cerca de R$1,6 milhão.

Outro nome que recorre por ações trabalhistas é Juliana Veiga, foi à Justiça pedir pagamento de quase 1 milhão de reais por direitos trabalhistas. Lúcio venceu em primeira e segunda instância, e a emissora recorreu em todas.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Leia também