Ex-desafiante ao cinturão do UFC desafia Corey Anderson: “Assine o contrato ou cale a boca”

Corey Anderson venceu Johnny Walker no UFC Nova York – Jason Silva/ PXImages

Após a vitória sobre Johnny Walker no último sábado (2), Corey Anderson tem apenas um objetivo para sua próxima luta em mente: disputar o cinturão meio-pesado (93 kg) do UFC contra Jon Jones. Porém, no que depender de Anthony Smith – ex-desafiante ao cinturão da categoria –, ‘Overtime’ precisará passar por ele primeiro antes de buscar o título da categoria.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Em publicação na sua conta oficial no ‘Twitter’ (veja abaixo ou clique aqui), Smith desafiou o algoz de Johnny Walker e indicou que faz parte dos planos do Ultimate colocá-los frente a frente no octógono. O rumor levantado por ele se justifica levando em consideração as declarações de Dana White – presidente da entidade – logo após o UFC Nova York. O dirigente não se comprometeu a atender ao pedido de Anderson por uma disputa de título em sua próxima luta e ainda o classificou como um “bebê chorão”, por suas reclamações.

“Corey Anderson, olhe para você agora cara durão. Você finalmente nocauteou alguém e agora você fala m*** para um cara que mal está ranqueado depois de acabar com ele? E ouvi que meu nome vai cruzar sua mesa. Assine isso (o contrato) desta vez e eu vou fazer um favor ao UFC. Ou sente, seja humilde e cale a boca”, escreveu o terceiro colocado do ranking da divisão.

Após vencer Johnny Walker por nocaute técnico no UFC Nova York, Corey Anderson ganhou duas posições e agora ocupa a quinta colocação no ranking até 93 kg da organização. O lutador tem demonstrado bastante irritação com o tratamento dispensado a ele pela entidade, e chegou a afirmar que caso não recebesse uma chance pelo título, preferiria ser dispensado e liberado de seu contrato.

Já Anthony Smith busca uma nova oportunidade pelo cinturão da categoria após ser derrotado por Jon Jones, em decisão unânime dos juízes, em março de 2019. O americano vem de triunfo sobre Alexander Gustafsson no UFC Suécia, realizado em junho deste ano. Além dele e de Corey Anderson, outro forte candidato a disputar o título da divisão é Dominick Reyes, que segue invicto em sua carreira e acumula seis vitórias consecutivas pela organização.

.@CoreyA_MMA look at you now tough guy. You finally put someone away and now you talk shit to a barely ranked dude after you finish him? I hear my name is coming across your desk…sign it this time and I’ll do the @ufc a favor… or sit down, be humble and shut your mouth. 🤷🏽‍♂️

— Anthony Smith (@lionheartasmith) November 3, 2019


Leia também