Ex-chefão da Ferrari visita Schumacher: 'Ele está lutando. Esperamos que melhore'

·1 min de leitura


Jean Todt, presidente da FIA e ex-chefe da Ferrari, revelou uma visita a Michael Schumacher em sua propriedade na Suíça, onde o heptacampeão da Fórmula 1 se recupera do acidente nos Alpes Franceses, ocorrido em 29 de dezembro de 2013. O presidente da entidade do automobilismo deu detalhes sobre o estado de saúde do ex-piloto e disse que ele 'está lutando pela vida'.

- Eu entendo que a família e os amigos o protegem porque esse é um momento em que ele deve estar em paz. Michael está lutando pela vida e nós temos esperança de que ele vá melhorar - versou o empresário ao periódico britânico 'Daily Mail'.

O estado de saúde de Michael Schumacher, heptacampeão da Fórmula 1, é mantido em sigilo pela família desde o acidente de esqui na estação de Meribel.

Jean Todt ainda falou sobre a recuperação dos filhos de Schumacher. O filho do ex-piloto é uma das promessas da F1.

- Eu fico contente que Mick esteja na Fórmula 1. Ele está indo bem e essa é a paixão dele. Estou feliz que Giana-Maria tenha encontrado sua paixão com os cavalos - completou o ex-chefe da Ferrari.

Questionado se Schumacher o reconhece durante suas visitas, Todt não respondeu e apenas sorriu. O próximo dia 29 de dezembro marca 8 anos do acidente do super astro da Fórmula 1, que conquistou 91 vitórias e sete títulos mundiais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos