Ex-atacante do São Paulo é uma das atrações do Grêmio em duelo pela Libertadores

Fabio Utz
·2 minuto de leitura

Se boa parte dos olhares estará voltado para nomes como Brenno, Lucas Araújo, Ferreira e Guilherme Azevedo, o Grêmio aproveita a partida desta terça-feira, contra o Ayacucho, para apresentar também um ex-atacante do São Paulo. Depois de entrar por alguns minutos diante de Esportivo e Brasil de Pelotas, pelo Campeonato Gaúcho, Ricardinho será titular em jogo que vale classificação na Libertadores.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O atleta tem apenas 19 anos e chegou a Porto Alegre em outubro de 2020. Em pouco tempo, mostrou seu poder de fogo, com mobilidade e boa média de gols. Participou, por exemplo, da reta final do último Campeonato Brasileiro sub-20. Com nove bolas na rede em 12 atuações, logo foi alçado ao time de transição. Ao escutar boas referências do atleta por parte de quem comanda a base, Renato Portaluppi o chamou para compor o elenco de cima. Agora, ele inicia um duelo pela primeira vez entre os profissionais.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O Grêmio, ao que tudo indica, confia que Ricardinho possa "estourar". Sua vida, literalmente, mudou na capital gaúcha. Após deixar Cotia (base são-paulina) em comum acordo, inclusive já teve seu contrato renovado. Seu vínculo anterior expirava em 2022. Agora, tem até o fim de 2024 para mostrar serviço. Nesta terça, em Quito, o Tricolor pode perder por até quatro gols de diferença, uma vez que goleou os peruanos por 6 a 1 na semana passada.

Para mais notícias do Grêmio, clique aqui.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.