Ex-árbitro relata que treta com Mourinho o fez repensar a carreira: 'Peguei minha chuteira e a lancei'

·1 minuto de leitura


Um dos mais respeitados árbitros do Campeonato Inglês, Mark Clattenburg não tem boas lembranças com o icônico técnico José Mourinho. Na época em que comandava o Manchester United, em janeiro de 2017, o treinador se envolveu em uma discussão ferrenha com o ex-árbitro. Segundo relatou em seu livro "Whistle Blower", o bate-boca com Mourinho foi o momento em que Clattenburg percebeu que não queria mais seguir na profissão

Na obra, o ex-árbitro conta que o caso ocorreu no empate por 1 a 1 entre os Red Devils e Stoke City, partida marcada pela quebra do recorde de Sir Bobby Charlton por Wayne Rooney, que se tornou o maior artilheiro do clube. Ao término do jogo, Mourinho foi até o vestiário da comissão de arbitragem e iniciou o entrevero com o Clattenburg.

CONFIRA O TRECHO DO LIVRO

Você deve estar feliz desta vez", eu disse. "Você não pode me culpar pelo empate, pode?".

"Eu posso", disse ele.

Ele começou a falar sobre uma mão na bola na grande área do zagueiro do Stoke, Ryan Shawcross.

"O que você está falando?", eu disse. "Eu entendi bem, eu sei que sim".

"Não. Eu vi o vídeo. Você estava errado".

Ele continuava indefinidamente. Cale a boca cara?

Peguei minha chuteira e a lancei contra a parede ao lado dele.

"F***-se, saia do meu vestiário. Saia!"

Mourinho congelou. Eu perdi a paciência com ele. Eu não me importei mais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos