Ewerthon comemora estreia no Brasileirão pelo Sport e revela nervosismo contra o Ceará

LANCE!
·1 minuto de leitura


Na primeira rodada do segundo turno do Brasileirão, o Sport contou com uma novidade no time titular. O lateral-direito Ewerthon, cria das categorias de base, já tinha chamado atenção com boas atuações na equipe sub-20 e chegou a entrar em campo no Campeonato Pernambucano e na Copa do Nordeste no primeiro semestre de 2020.

No empate contra o Ceará, o jogador de 20 anos jogou quase 75 minutos e tentou descrever a sensação que foi defender o Leão na competição nacional pela primeira vez. Além disso, revelou tamanho nervosismo ao entrar em campo.

'Estrear no Brasileirão por um grande clube, como é o Sport, foi um sensação inexplicável que tive a oportunidade de viver na minha vida. Entrei muito nervoso, o que é normal, só focado e pensando em cada lance, pra não cometer nenhum erro, mas durante o jogo fui pegando confiança e fui me soltando', comentou o atleta.

O defensor lamentou o empate fora de casa pela falta de aproveitamento na criação de jogadas, mas lembrou dos desfalques que a equipe teve para o confronto com o Vozão. Ewerthon afirma que seguirá se dedicando para aproveitar as futuras oportunidades que receber de Jair Ventura, que gostou de sua atuação.

'Estávamos com alguns desfalques e tinham alguns que estavam estreando, como eu e o Júnior Tavares. Apesar disso, creio que fomos bem e só não conseguimos a vitória porque faltou um capricho maior no final das jogadas. Agora espero continuar treinando bem e seguir à disposição do treinador pra ajudar a equipe. Temos jogos complicados pela frente, mas vamos dar nosso máximo para somar o máximo de pontos', concluiu.