Everton Ribeiro, o nome mais decisivo da década no Brasileirão

Quem é o melhor jogador do futebol jogado no Brasil nesta década? É difícil não responder a esta pergunta citando Everton Ribeiro, especialmente depois deste 2019 em que o meia do Flamengo reencontrou-se com o maior título em disputa no país, além de ter se apresentado à máxima taça do continente.

Everton Ribeiro não é o jogador em atividade no Brasil que mais vezes foi campeão brasileiro. A grande curiosidade é que os três que estão em sua frente, e que ganharam o título quatro vezes cada, estão todos no Palmeiras, principal adversário do Flamengo na atualidade: Edu Dracena, Jean e Willian. Mas o atual ídolo rubro-negro sem dúvidas decidiu mais vezes em suas conquistas.

Em 2013 e 2014, Everton foi, ao lado de Ricardo Goulart, protagonista dos títulos conquistados pelo Cruzeiro. Foi eleito craque da edição 2013 e liderou em passes para gol nas duas conquistas. O retorno ao futebol brasileiro aconteceu em 2016, quando o Flamengo gastou R$ 22 milhões para tirá-lo do Al-Ahli, dos Emirados Árabes.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Os dois primeiros anos no Flamengo foram de altos e baixos. Everton chegou a ser criticado pela falta de velocidade em campo e, com voz mansa, demonstrou entender as críticas.

“Chateado a gente fica, somos humanos, mas entendo e aceito as críticas. Estou no Flamengo, uma equipe gigante, a cobrança é grande. Mas fico tranquilo, sei o que tenho que fazer, os companheiros confiam em mim”, afirmou em entrevista coletiva no final de 2017, sua primeira temporada no time carioca.

Em 2018 o desempenho melhorou, mas assim como aconteceu com praticamente todos os jogadores a partir da chegada do técnico Jorge Jesus, é 2019 o ano em que o camisa 7 voltou a brilhar. Assim como havia feito pelo Cruzeiro em 2013 e 2014, Everton Ribeiro acostumou-se a decidir jogos; ao contrário do que havia feito, contudo, desta vez os gols e o protagonismo como garçom não tiveram seu nome na liderança do ranking: o “miteiro”, como foi apelidado, é o grande arquiteto de boa parte das oportunidades ofensivas que o seu time acaba concluindo.

  • 2013: líder de assistências do campeonato (11)

  • 2014: líder de assistências do campeonato (11) e quem mais criou chances (95)

  • 2017: quem mais criou oportunidades com a bola em movimento para o Flamengo (51)

  • 2018: líder de assistências do Flamengo (5) e quem mais criou chances (51)

  • 2019: quem mais cria chances com a bola em movimento no campeonato (62 e contando...)

Na campanha espetacular do Flamengo neste título brasileiro de 2019, Everton é quem mais cria oportunidades de gol para seus companheiros quando a bola está em movimento (62). Isso além de ser o principal driblador (foram 53) e das sete assistências.

Everton Ribeiro Flamengo 28 11 2019
Everton Ribeiro Flamengo 28 11 2019
(Foto: Getty Images)

Gols foram apenas dois, mas na hora de tanto recuperar a bola (121, menos apenas do que Rodrigo Caio e Willian Arão) quanto de saber montar o ataque, criando espaços com passes precisos, hoje não há nenhum jogador no Brasil melhor do que Everton Ribeiro, que também foi destaque na conquista da Libertadores.

Nesta última década de futebol jogado no Brasil, podemos citar Danilo (São Paulo e Corinthians) e Emerson Sheik (Fluminense e Corinthians, apesar da passagem pelo Flamengo) como grandes nomes que foram decisivos para as conquistas de Brasileirões e Libertadores. Acontece que a dupla não joga mais profissionalmente.

Se você torce pelo Flamengo ou admira um futebol jogado com grande qualidade, é bom aproveitar para ver o talento de Everton Ribeiro em campo. Caso, mesmo que admire um futebol jogado, não seja torcedor do Rubro-Negro, terá grandes motivos de preocupação a cada vez que o camisa 7 tocar na bola.

Leia também