Everton Ribeiro e Rafael Moura jogam Beach Tennis com melhor do mundo


O Heroe´s Experience Day chegou ao fim neste domingo com a presença de uma verdadeira constelação do mundo do Beach Tennis e dos esportes em geral na Arena Fla Gávea, no Rio de Janeiro. O evento contou com cerca de 100 participantes e teve os apoios da Sol de Janeiro e da cerveja Corona.

Giulia Gasparri, maior campeã mundial com cinco títulos, Ninny Valentini, bicampeã mundial, Doriano Beccaccioli, Diego Bollettinari, dois top 10 mundial, Joana Cortez, com seis títulos mundiais pelo Brasil, de duplas feminina e mista, e Miguel Peres puderam trazer seus ensinamentos e vivências do circuito profissional com os amadores e também feras de outros esportes.


Everton Ribeiro, craque do Clube de Regatas do Flamengo, que deu o passe para Gabigol fazer o gol do tricampeonato da Libertadores em Guayaquil, no Equador, marcou presença para acompanhar sua esposa Marina Nery Ribeiro e participou do Masterclass Sol de Janeiro dado por Gasparri.

Everton, um praticante do esporte por conta de sua mulher, jogou ao lado de Rafael Moura, o He-Man do futebol, que hoje é profissional do Beach Tennis entre os 500 melhores do mundo.


Everton e Moura jogaram muitas vezes um contra o outro no futebol: "Já perdi as contas de quantas vezes jogamos juntos, quando ele era do Cruzeiro eu era do Atlético Mineiro e depois quando ele foi para o Flamengo foram vários jogos", lembrou Moura.


Moura deu algumas dicas em um bate-papo com Everton antes dos dois entrarem em ação e o craque do Flamengo comentou sua relação com o Beach Tennis.

"Conheci através da minha esposa que começou a praticar e também fui picado pelo bichinho. Sempre que eu posso estou aprendendo, estou jogando para sair um pouquinho do futebol e faz bem . Consigo jogar uma vez na semana pois os jogos (futebol) são puxados . Quando tem uma semana um pouco mais tranquila eu jogo um pouco mais, mas deixo para jogar bastante nas férias", disse Everton que joga com sua esposa dupla mista e tem o zagueiro do Flamengo, Pablo, como sua dupla usual: "Jogo bastante com o Pablo, é minha dupla e as meninas também, as esposas, muitas jogam. Está sendo uma relação bem boa com o pessoal do futebol".

Aos 33 anos, Everton ainda terá alguns anos de futebol pelo Flamengo, mas para o futuro a ideia é que o Beach Tennis esteja cada vez mais presente: "Está coçando cada vez mais, vi o Rafael Moura jogando, o Thiago Neves que atua na mesma escolinha que a Marília. Está crescendo muito o esporte e quem sabe no futuro possa jogar mais vezes e até disputar torneios também. Ainda tenho uns bons anos pela frente e vamos buscar ano que vem mais títulos no Flamengo".

Ribeiro lembrou do passe para o gol do tricampeonato do Flamengo no último dia 27 marcado por Gabigol. Ele fez tabela com Rodinei e cruzou para o gol do artilheiro rubro-negro: "Foi uma jogada que a gente sempre treina. É poder fazer tabelas rápidas, dribles e deixar o Gabi perto do gol, porque ali ele sabe o que faz. Graças a Deus deu tudo certo e a gente pôde trazer mais uma Liberta".

No sábado, Paula Pequeno, bicampeã olímpica do vôlei pelo Brasil, e Carol Albuquerque, medalhista de Ouro, participaram do evento na Arena FlaGávea. As duas já disputam torneios na categoria A: "Experiência incrível. A Heroe´s é uma empresa incrível, cada vez mais forte fazendo um evento como esse e do Beach Tennis como um todo, esporte que vem crescendo muito . Pra gente que ainda é nova é uma coisa deliciosa, cada dia aprendemos mais, muito feliz estar com essas feras e aprendemos bastante", disse Paula: "Sensacional a Heroe´s estar fazendo esse evento com os melhores jogadores do mundo e podermos jogar com eles, pegar os ensinamentos , está sendo uma experiência única", Carol Albuquerque.

Moura completou: "Está sendo uma experiência maravilhosa, juntar todos esses não é fácil. Experiência única não só pra nós, mas todos os amadores que se inscreveram, algo único para eles ".

Gasparri e Valentini destacaram o diferencial do Heroe´s Experience Day: "É completamente de uma clínica comum pois ficamos com as pessoas, falamos com elas, fazemos diferentes exercícios em uma atmosfera incrível. É uma verdadeira experiência . Nós amamos estarmos com as pessoas, conversarmos com elas e também jogarmos contra elas. Todos estão curtindo jogar Beach Tennis , temos vários atletas famosos aqui e espero que isso só cresça e que curtam".

"Ensinamos um pouco dos nossos segredos e buscamos que os participantes evoluam tanto os amadores quanto os profissionais e os quase profissionais", completou Bollettinari.

Joana Cortez, também ec-número 1 do mundo, comentou: "Experiência fantástica, ano passado tinha sido incrível em Belo Horizonte. Heroes é uma marca com muito valor, se posiciona muito bem no mercado do Beach Tennis e todos saíram satisfeitos. A Arena FlaGavea by Gui Prata é muito bacana, lugar fantástico no Rio de Janeiro, o convívio com os atletas, com os amadores foi fantástico e a galera já espera o próximo".


Nome da jovem geração, o paranaense Miguel Peres apontou: "Foi uma experiência incrível, ainda mais fazendo parte da família Heroe´s que está no meu coração. Estar na equipe com os melhores do mundo e com a galera está sendo muito bacana passando nosso conhecimento do esporte e ajudando as pessoas de todas as maneiras . Eles aprendem conosco, mas aprendemos muito com eles também . Foi um evento muito agradável".

Atletas da Heroes finalizam evento
Atletas da Heroes finalizam evento

Divulgação