Everton quer respostas após adiamento de jogo com Manchester City por Covid

·1 minuto de leitura
.

(Reuters) - O Everton busca "divulgação completa" sobre o surto de Covid-19 no Manchester City que resultou no adiamento do jogo da Premier League na segunda-feira.

Poucas horas antes do início da partida em Goodison Park, o City disse que havia recebido uma série de testes positivos, além dos quatro em 25 de dezembro que incluíam o atacante Gabriel Jesus e o lateral Kyle Walker.

A Premier League decidiu adiar o jogo, que estava programado para ser disputado diante de 2.000 torcedores.

"Embora o Everton sempre tenha a segurança pública em primeiro lugar, solicitaremos a divulgação completa de todas as informações que o Manchester City forneceu à Premier League para que o clube possa esclarecer por que essa decisão foi tomada", disse o Everton em um comunicado em seu site .

As regras da Premier League determinam que um jogo não pode ser adiado a menos que uma equipe tenha menos de 14 jogadores disponíveis.

O City tem partida marcada contra o Chelsea no dia 3 de janeiro e diante do rival local Manchester United na semifinal da Copa da Liga em 6 de janeiro.

O jogo de segunda-feira foi o segundo adiado nesta temporada, depois que um surto no Newcastle United levou a liga a cancelar confronto contra o Aston Villa no início deste mês.

(Reportagem de Shrivathsa Sridhar em Bengaluru)