Everson diz entender críticas e fala que Galo se tornou um time visado pelos adversários

Valinor Conteúdo
·2 minuto de leitura


O Atlético-MG luta para “estancar” o momento de instabilidade do time. Nas últimas seis partidas, o Galo venceu apenas uma(contra o Goiás), empatou duas(Fluminense e Sport) e perdeu três(Palmeiras, Fortaleza e Bahia), marcando cinco pontos em 18 possíveis.

Outro dado que incomoda os atleticanos é o volume de gols sofridos. Foram sete gols nos últimos quatro jogos, gerando cobranças na defesa e, em especial no goleiro Everson e no lateral Guga.

O arqueiro, um pedido de Sampaoli para a meta do Galo por ser mais habilidoso com os pés, tem sido criticado pelo torcedor e crê que os maus resultados criaram o ambiente de cobrança dos atleticanos.

- Creio que não seja pela indicação do professor Sampaoli, e sim pelos resultados dos últimos jogos. Em alguns gols, poderia ter tomado uma atitude diferente também. Mas é assumir a responsabilidade, continuar trabalhando no dia a dia para ficar preparado se o professor optar, nos jogos, a gente estar representando muito bem a equipe do Atlético - disse Everson, que citou a importância de se jogar no Galo.

-Lógico que jogar no Atlético sempre tem uma responsabilidade muito grande. A gente sabe que a Massa atleticana é uma massa muito ativa, ela apoia e cobra muito também- completou.

Everson comentou que o Atlético virou um dos times a serem batidos no Brasileiro, ficando visado pelos rivais, que começam a entender que o jeito ofensivo de jogar pode deixar alguns espaços para os contra-ataques adversários, como ocorreu no duelo com o Palmeiras, em que o Galo levou dois gols dessa forma.

- A gente tem essa forma de jogar nossa que não vai mudar. O professor Sampaoli, em todos os times que ele passou, ele tem essa metodologia de trabalho, em que a gente sempre está disposto mais a atacar. Mas a gente tem que se resguardar um pouquinho mais ali para que a gente possa diminuir essa margem de erro de dar contra-ataques para o adversário.

O Atlético de Everson e companhia volta a campo para outro duelo complicado no Brasileirão diante do Flamengo, neste domingo, às 18h15 (de Brasília),, no Mineirão, pela 20ª rodada.