Everaldo não bate metas e livra o Corinthians de pagar R$ 1 milhão ao Velo Clube; entenda

Fábio Lázaro
·2 minuto de leitura


O Corinthians se livrou de pagar R$ 1 milhão ao Velo Clube, time da cidade de Rio Claro, que vendeu 50% dos direitos do atacante Everaldo ao Timão, em abril de 2019, pois o jogador não bateu metas que renderiam ao time do interior paulistas bônus financeiros.

A informação foi publicada inicialmente pelo "GE.Globo".

> Veja a classificação do Brasileirão e simule os próximos jogos

Para que as metas fossem batidas, o camisa 37 corintiano teria que disputar 20 partidas pelo clube até junho de 2020 e ser convocado para a Seleção Brasileira até o fim do ano passado. Cada situação renderia aos cofres do Galo Vermelho R$ 500 mil, o que não aconteceu.

Revelado pelo América-PE, o atleta de 26 anos, teve passagens por Boa Esporte, Mogi Mirim, São José dos Campos e Serra Talhada, até chegar ao Velo em 2017, tendo sido emprestado para o São Bento e Fluminense, despertando a atenção do Corinthians, que o comprou por R$ 2,5 milhões por metade do passe do jogador.

Com a camisa corintiana, Everaldo tem 27 jogos tem 36 jogos e quatro gols, mas não é titular em uma partida desde o dia 14 de novembro, quando o Timão perdeu por 2 a 1, para o Atlético-MG, na Neo Química Arena, pela 21ª rodada do Brasileirão, sendo substituído aos 21 minutos do segundo tempo.

O atacante marcou dois gols nesta edição do campeonato nacional, um deles deu na estreia do técnico Vagner Mancini no comando do clube, na vitória por 1 a 0 sobre o Athletico-PR, em Curitiba, no dia 14 de outubro, pela 16ª rodada do Brasileirão. O Furacão, inclusive, é o próximo adversário do Timão, nesta quarta-feira (10), às 21h30, na Neo Química Arena, pela 34ª rodada da competição nacional.