Evento-teste: taxa de incidência de Covid em jogo do Flamengo foi seis vezes menor do que a do Rio

·1 minuto de leitura


No último dia 15, Flamengo e Grêmio duelaram no Maracanã pelo confronto de volta das quartas de final da Copa do Brasil (vencido pelo Rubro-Negro por 2 a 0). O jogo serviu como evento-teste para a Prefeitura do Rio de Janeiro. Nesta sexta, a Secretaria Municipal de Saúde divulgou dados de um monitoramento do público presente no estádio - 6.446 torcedores, sendo todos testados.


Em divulgação, após 15 dias do primeiro evento-teste posterior a mudanças em restrições da Prefeitura, foi destacada a baixa taxa de incidência de casos suspeitos, considerada seis vezes menor do que a da cidade no mesmo período. Dos presentes, ao todo, foram dez casos suspeitos (com sintomas de Covid-19) e um confirmado para o novo coronavírus.

Monitoramento de Covid - Flamengo x Grêmio
Monitoramento de Covid - Flamengo x Grêmio

Flamengo x Grêmio: monitoramento da Prefeitura em evento-teste (Foto: Divulgação)

> Protocolos impediram entrada de uma centena de infectados com Covid-19 em jogos do Flamengo

- Medidas básicas de proteção à vida dentro do evento nos dão mais segurança para fazer esse tipo de evento e começar realmente a avançar a retomada na cidade - falou Marcio Garcia, Superintendente de Vigilância em Saúde, em entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira.

Segundo os dados da Prefeitura informados na semana do jogo, 56 espectadores testaram positivo e não puderam comparecer ao Maracanã no dia 15 de setembro (relembre sobre os protocolos aqui).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos