Evento russo pede condena postura do árbitro em derrota de brasileiro; entenda

Evento de MMA que desponta como grande força do esporte na Rússia, o Fight Night Global emitiu nota oficial reprovando a atuação do árbitro que mediou o combate entre o brasileiro Maiquel Falcão e o atleta local Vladimir Mineev. A disputa, realizada no último dia 21, contou com mais de um minuto de massacre do russo diante de um indefeso oponente sem que nada fosse feito, o que rapidamente gerou questionamentos dos próprios presentes no show.

Se no primeiro duelo entre eles, ainda em 2016, Falcão levou a melhor por pontos, na revanche um knock down aplicado ainda no primeiro assalto selou o destino do confronto. Cambaleando, o brasileiro resistiu o quanto pôde, mas ficou à espera da decisão do árbitro enquanto sofria implacáveis golpes no ground and pound.

“Nós estamos desapontados com a performance do árbitro durante Mineev vs. Falcão. Era óbvio que a luta deveria ter sido parada antes. FNG não tem controle sobre os árbitros e eles reportam à comissão. Fight Nights Global garante a segurança de seus lutadores como prioridade e enviará a situação diretamente para a Comissão”, narrou o documento enviado ao site ‘MMA Junkie’.

Aos 36 anos, o peso-médio (84 kg) Maiquel Falcão já passou por eventos como UFC, Bellator e M-1 Challenge. No entanto, apesar do cartel de 37 vitórias e dez derrotas, duas confusões com a Justiça (violência doméstica e briga) lhe causaram perdas contratuais.

Leia também