Evando tenta explicar mais uma derrota do Avaí no BR-19

Pedrinho sofreu uma pancada no ombro esquerdo no primeiro lance do jogo (Rodrigo Gazzanel/RM Sports/Lancepress!)
Pedrinho sofreu uma pancada no ombro esquerdo no primeiro lance do jogo (Rodrigo Gazzanel/RM Sports/Lancepress!)


Na noite desta quarta-feira, o Avaí conheceu mais uma derrota no Campeonato Brasileiro. Desta vez, o algoz foi o Corinthians e coube ao técnico Evando, avaliar o desempenho da equipe na casa do rival.

Na opinião do comandante, o time catarinense estava melhor na partida até tomar o gol. Quando ficou em desvantagem a parte psicológica desandou e o grupo não soube reagir.

‘Sabíamos que o Corinthians varia muito o estilo de jogo, que iriam forçar o jogo nos extremos. Fechamos linhas e teríamos contra-ataques, tivemos para matar o jogo. E sofremos o gol na bola parada. Já rebaixados, a parte emocional é pesada. Até tomar o gol, estávamos melhor em campo. Tentamos jogar no começo do segundo tempo. A gente tem que terminar o campeonato com dignidade, procurar fazer bons jogos neste fim de semana, para honrar a camisa. Fizemos 20 e poucos minutos bem e depois deixamos de jogar’, afirmou o técnico.

Após 35 rodadas do Brasileirão, o Avaí aparece na lanterna da competição, com apenas 18 pontos. Na próxima rodada, o adversário é o Fluminense, na Ressacada.





Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também