Eurodeputados pressionam líderes da UE para boicotar os Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

·1 minuto de leitura
Os participantes competem em um evento de teste de patinação artística para os Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim de 2022 no Capital Indoor Stadium em Pequim em 3 de abril de 2021

Os eurodeputados apelaram aos líderes da UE nesta quinta-feira (8) para rejeitarem os convites para os Jogos Olímpicos de Inverno, marcados para o próximo ano em Pequim, em protesto contra a situação em Hong Kong.

O plenário do Parlamento aprovou uma resolução na qual os legisladores exortam a Comissão Europeia e o Conselho da UE a rejeitarem estes convites "a menos que o governo chinês demonstre uma melhoria tangível da situação dos Direitos Humanos".

A resolução condena "nos termos mais veementes o fechamento forçado do jornal Apple Daily, o congelamento contínuo dos seus bens e as detenções dos seus jornalistas, todas as medidas tomadas pela China para o desmantelamento da sociedade livre em Hong Kong e o fim da liberdade de imprensa".

Assim, os eurodeputados sublinharam "a necessidade da UE adotar medidas urgentes" e solicitaram às instituições europeias em Bruxelas que adotassem novas sanções contra as autoridades chinesas.

Esta resolução é a mais recente evidência da tensão nas relações entre a China e as principais instituições europeias, que cresceu depois que Pequim respondeu a sanções específicas adotadas contra autoridades chinesas pela repressão da comunidade uigur.

No final de 2020, a China e a UE anunciaram que haviam chegado a um acordo sobre proteção mútua de investimentos, que havia sido cuidadosamente negociado durante uma década.

No entanto, as sanções adotadas pela UE contra as autoridades chinesas e as medidas de retaliação implementadas por Pequim despejaram água gelada nos contatos, em uma situação que levantou dúvida sobre o destino do acordo de investimento.

maj/ahg/eg/ap

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos