'Eu posso morrer': Tenista russo sofre com calor durante jogo em Tóquio

·1 minuto de leitura
Russo Daniil Medvedev sofreu com calor durante partida dos Jogos Olímpicos de Tóquio (Foto: Dai Tianfang/Xinhua via Getty Images)
Russo Daniil Medvedev sofreu com calor durante partida dos Jogos Olímpicos de Tóquio (Foto: Dai Tianfang/Xinhua via Getty Images)

O calor tem sido um dos principais adversário dos competidores nas Olimpíadas de Tóquio. Desta vez, quem sofreu com a alta temperatura na capital japonesa foi Daniil Medvedev, tenista número 2 do ranking mundial e que compete pelo Comitê Olímpico Russo.

Durante a partida do russo contra o italiano Fabio Fognini nesta quarta-feira, o árbitro Carlos Ramos interrompeu a disputa após ver que o tenista não se sentia bem. A temperatura em Tóquio era de 31°C – a sensação térmica chegou a 37°C.

Leia também:

Questionado se queria continuar na partida, Medvedev respondeu: "Eu posso terminar o jogo, mas posso morrer. Se eu morrer, você se responsabiliza?" Ele recebeu atendimento médico e seguiu na disputa.

O jogo terminou com vitória de Medvedev por 2 sets a 1 (6/2, 3/6 e 6/2). O russo vai enfrentar o espanhol Pablo Carreño Busta nas quartas de final.

Espanhola sai de cadeira de rodas

Outra tenista que sentiu os impactos do calor foi a espanhola Paula Badosa. Ela precisou desistir da partida contra a tcheca Marketa Vondrousova e deixou a quadra em uma cadeira de rodas após receber atendimento.

Badosa também abriu mão do torneio de duplas mistas por conta de sua condição física afetada pelo calor. Ela jogaria ao lado do compatriota Pablo Carreño Busta.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos