"Eu não sou um monstro", diz Mourinho

José Mourinho construiu uma reputação de ser arrogante, principalmente quando se trata da imprensa e até o seu relacionamento com os jogadores foi questionado na última temporada, após a queda brusca de rendimento do Chelsea, que resultou na sua demissão.

No entanto, no Manchester United, o treinador português acredita que já conseguiu mostrar a sua verdadeira personalidade e ganhou a confiança e a lealdade dos jogadores dos Red Devils.

"Acho que no Manchester United sabem que não sou o monstro que as pessoas imaginavam. Não sou arrogante, nem sou um tipo com quem seja difícil trabalhar", afirmou Mourinho em entrevista coletiva, brincando de seguida: "Pelo menos até agora, ninguém foge quando chego ao centro de treino, por isso acho que as pessoas se sentem felizes por me terem por perto".

Marouane Fellaini Jose Mourinho Manchester United

 Getty Images

"A relação com os jogadores é muito boa e a relação com a administração também não é apenas profissional, mas sim uma relação de confiança que vai para além da ligação contratual, do treinador, do proprietário, da direção. Meu sentimento é que todos estão felizes, mas obviamente meu contrato é de três anos, não sete ou oito meses, e eu quero evolução e melhoria", finalizou.