Etapa de Jeffreys Bay é interrompida por tubarão. Mineirinho avança


Palco onde o tricampeão Mick Fanning foi surpreendido por um tubarão em 2016, Jeffreys Bay voltou a causar medo nos surfistas da elite nesta terça-feira. Durante a terceira fase da sexta parada do Circuito Mundial (WCT), um animal foi avistado pela organização e causou a paralisação da disputa, após a vitória do sul-africano Jordy Smith sobre o brasileiro Tomas Hermes.

"Um tubarão foi visto, e, então, a bateria foi interrompida. Segurança é prioridade para a WSL e a organização está em constante comunicação com os atletas e organizadores do evento. Vamos providenciar uma atualização sobre a continuação da bateria", disse a Liga Mundial de Surfe (WSL), em comunicado.

O campeonato foi retomado quando os organizadores perceberam que o tubarão já estava a cerca de um quilômetro do local do evento.

Nesta temporada, a etapa de Margaret River foi cancelada após dois ataques de tubarões em menos de 24h em local próximo ao do evento. Os surfistas afirmaram que não se sentiam seguros em relação às condições, e a WSL encerrou a etapa na terceira rodada. A competição foi retomada em Bali, na Indonésia, com vitória do brasileiro Willian Cardoso.

O mesmo aconteceu no ano passado, quando tubarões foram vistos durante bateria de Filipe Toledo contra Jordy Smith e Julian Wilson, e de Gabriel Medina contra Mick Fanning.







Adriano de Souza - Mineirinho
Adriano de Souza - Mineirinho

Mineirinho avançou à terceira fase (Foto: WSL / Tostee SOCIAL)

Sete brasileiros na terceira fase

Mais cedo, Adriano de Souza, Michael Rodrigues e Wiggolly Dantas venceram suas baterias de repescagem e se classificaram para a terceira fase da etapa de Jeffreys Bay. Eles se juntaram a Gabriel Medina, Filipe Toledo, Yago Dora e Willian Cardoso, que haviam se classificado diretamente, ao triunfarem na rodada de abertura. A próxima chamada acontecerá nesta quarta-feira, às 2h30 (de Brasília).

Mineirinho precisou virar a bateria contra o americano Patrick Gudauskas para se classificar. O campeão mundial de 2015 totalizou 13,80 a 12,77 para se classificar. Na próxima fase, ele terá Michel como adversário. O cearense passou pelo havaiano Keanu Asing, por 14,47 a 10,70. Já Dantas venceu um duelo de compatriotas contra Italo Ferreira, por 11,77 a 9,73, e terá pela frente o australiano Julian Wilson, líder do ranking.

Ian Gouveia, Miguel Pupo e Jesse Mendes perderam para Owen Wright, Michel Bourez e Mikey Wright, respectivamente, e deixaram a competição. O americano Kelly Slater também se despediu, após derrota para Jordy Smith.





Confira os resultados da repescagem

1. Julian Wilson (AUS) 14.43 x 13.50 Matthew McGillivray (AFS)
2. Italo Ferreira (BRA) 9.73 x 11.77 Wiggolly Dantas (BRA)
3. Michel Bourez (TAH) 12.16 x 11.50 Miguel Pupo (BRA)
4. Jordy Smith (AFS) 14.33 x 11.54 Kelly Slater (EUA)
5. Owen Wright (AUS) 14.26 x 14.23 Ian Gouveia (BRA)
6. Michael Februray (AFS) 12.50 x 13.33 Adrian Buchan (AUS)
7. Michael Rodrigues (BRA) 14.47 x 10.70 Keanu Asing (HAV)
8. Wade Carmichael (AUS) 16.14 x 11.34 Joan Duru (FRA)
9. Adriano de Souza (BRA) 13.80 x 12.77 Patrick Gudauskas (EUA)
10. Mikey Wright (AUS) 16.17 x 15.26 Jesse Mendes (BRA)
11. Ezekiel Lau (HAV) 13.57 x 17.16 Connor O'Leary (AUS)
12. Tomas Hermes (BRA) 14.07 x 13.30 Matt Wilkinson (AUS)

Confira os resultados e baterias da terceira fase
1. Joel Parkinson (AUS) 16,87 x 15,80 Michel Bourez (TAH)
2. Conner Coffin (EUA) 16,57 x 15,30 Adrian Buchan (AUS)
3. Jordy Smith (AFS) 14,07 x 12,63 Tomas Hermes (BRA)
4. Frederico Morais (POR) 15,67 x 14,53 Kolohe Andino (EUA)
5. Jeremy Flores (FRA) x Wade Carmichael (AUS)
6. Julian Wilson (AUS) x Wiggolly Dantas (BRA)
7. Filipe Toledo (BRA) x Yago Dora (BRA)
8. Michael Rodrigues (BRA) x Adriano de Souza (BRA)
9. Owen Wright (AUS) x Sebastian Zietz (HAV)
10. Willian Cardoso (BRA) x Kanoa Igarashi (JAP)
11. Griffin Colapinto (EUA) x Mikey Wright (AUS)
12. Gabriel Medina (BRA) x Connor O'Leary (AUS)


























E MAIS:


Leia também