Etapa de Bells Beach volta a ser adiada após mar continuar fraco

Nesta quinta-feira, a Liga Mundial de Surfe (WSL) anunciou mais um dia sem competições, conhecido como lay day, em Bells Beach, na Austrália. Com isso, as disputas femininas seguem paralisadas, enquanto as masculinas ainda nem começaram. As competições da quarta também foram canceladas.

Como o mar segue fraco e com poucas ondas, a organização do evento decidiu adiar a disputa, que vai até 23 de abril, por mais um dia. A próxima chamada está marcada para ser realizada nesta sexta-feira, às 18 horas, de Brasília.

Até o momento, apenas as mulheres caíram na água, sendo que três baterias já foram realizadas no feminino. Já os homens ainda se preparam para estrearem na temporada de 2017 em Bells Beach.

Nesta etapa, o Brasil contará com nove surfistas: Jadson Andre, Miguel Pupo, Gabriel Medina, Caio Ibelli, Adriano de Souza, Ian Gouveia, Filipe Toledo, Wiggolly Dantas e Samuel Pupo. O último fará sua estreia em uma fase da elite do surfe mundial. 

Nas duas primeiras etapas, em Gold Coast e em Margaret River, os campeões foram o australiano Owen Wright e havaiano John John Florence, respectivamente.