Cauteloso, Buffon alerta Juventus de que ainda não eliminou o Barcelona

Roma, 12 abr (EFE).- O goleiro Gianluigi Buffon, da Juventus, evitou nesta quarta-feira a euforia com a vitória de ontem da equipe italiana sobre o Barcelona por 3 a 0, em jogo de ida pelas quartas de final da Liga de Campeões, e disse que ainda falta muito para garantir a classificação à próxima fase.

"Estamos satisfeitos por termos feito bem nosso trabalho, mas ele não termina aqui. Ninguém nos entregou o troféu ainda e nem sequer conseguimos a classificação", declarou o capitão da Juve em entrevista à rede de televisão "Sky Sport".

Buffon disse também que a 'Velha Senhora' terá que manter a concentração alta no duelo de volta, fora de casa, e lembrou o que aconteceu com o Paris Saint-Germain na fase anterior, quando perdeu por 6 a 1 no estádio Camp Nou após ter vencido o time catalão na ida, no Parc des Princes, por 4 a 0.

"Quando termina uma noite como a de ontem, sempre se tem a sensação de que (a missão) ainda não acabou. A força do Barcelona, e o que aconteceu com o PSG, tem que nos servir para ir à Espanha com atenção e humildade", afirmou.

Buffon agradeceu ao técnico da Juventus, Massimiliano Allegri, por "estudar muito bem a partida" e dar "as indicações corretas" que levaram aos 3 a 0 de ontem.

Além disso, o goleiro comentou sobre a defesa determinante que fez após chute de Iniesta quando a Juve vencia por 1 a 0.

"Fiz uma intervenção muito complicada, foi instinto e leitura da jogada. Em casos assim é como uma dança, é preciso escolher o momento correto. É o tipo de defesa que você tem que fazer se quiser estar à altura desta equipe", argumentou. EFE