Estúdios liberam filmes na internet mais cedo por conta do coronavírus

Yahoo Vida e Estilo
Foto: Divulgação / Warner Bros. Pictures
Foto: Divulgação / Warner Bros. Pictures

Warner, Universal e Disney estão entre os estúdios de Hollywood que decidiram antecipar o lançamento de seus filmes em plataformas digitais como resposta à crise que a pandemia de coronavírus impôs à indústria do cinema.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Filmes como “Arlequina em: Aves de Rapina” e “O Homem Invisível” serão disponibilizados para aluguel e compra na internet antes do previsto, assim como aconteceu com “Star Wars: A Ascensão Skywalker” e “Frozen 2”, que chegou ao streaming do Disney+ nos EUA nesta semana.

Leia também

A decisão vem na esteira da queda na arrecadação dos estúdios de cinema na última semana. Só no Brasil, quase 600 salas foram fechadas para evitar aglomerações e, consequentemente, a propagação do Covid-19, como recomendado pelo Ministério da Saúde e pela Organização Mundial da Saúde.

Anunciado nesta terça-feira (17), o lançamento digital de “Aves de Rapina” será no próximo dia 24 de março. Por conta da antecipação, o filme será disponibilizado para compra por um valor acima da média: US$ 19 nos EUA (ainda sem preço oficial no Brasil).

“O Homem Invisível”, produção da Blumhouse com distribuição da Universal que estreou nos cinemas brasileiros há apenas três semanas, em 27 de fevereiro, será disponibilizado online na próxima sexta-feira (20). A animação “Trolls 2”, também da Universal, chegará no mesmo dia aos cinemas e à internet em 16 de abril.

A indústria do cinema dos Estados Unidos registrou no último final de semana a pior arrecadação dos últimos 20 anos. Estimativas indicam que a indústria poderá perder até US$ 20 bilhões com impacto do coronavírus na bilheteria.

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Leia também