Estrela da Coreia na Copa, jogador Son viveu affair com estrela de Kpop, mas diz que só vai casar após parar com futebol

Comparado a Neymar pela atuação no campo, Son Heung-Min, estrela do time coreano, que enfrenta o Brasil logo mais pelas oitavas de final da Copa, pouco tem a ver com o brasileiro quando se trata da vida pessoal. Discretíssimo, Son é categórico em dizer que só vai se casar após a aposentadoria nos campos e nunca apareceu com uma namorada ou algo do gênero.

Há um ano, porém, ele foi apontado como affair de Jisoo, uma das atuais estrelas do kpop, gênero coreanpo que é uma febre. Não bastasse, a moça também atua nos doramas, como são conhecidos os filmes, séries e até novelas da Coreia do Sul.

Assim como em qualquer parte do mundo, internautas começam a perceber uma série de coincidências que unia os dois. Son e a artista usaram o mesmo modelo de pulseira, e a cada gol feito, ele beijava o acessório como se lembrasse de alguém, e voaram no mesmo dia de Paris até o país natal, quando ele deveria ter partido da Inglaterra. Os rumores tomaram uma proporção tão grande que a empresa produtora da banda emitiu uma nota afirmando que o affair não passava de boato. Como fez também com outras integrantes e no fim das contas os romances realmente existiram.

Em entrevista, o jogador de 30 anos, deixou claro que não pretende se distrair com a vida pessoal enquanto ainda tem um belo caminho no futebol para trilhar. "Meu pai sempre me disse isso (para se casar só depois de aposentar do futebol) e eu concordo plenamente", disse Son em entrevista ao jornal inglês "The Guardian": "Quando você se casa, as prioridades da vida passam a ser família, esposa e filhos, e só depois o futebol. Eu quero ter certeza que, enquanto eu estiver jogando em alto nível, o futebol possa ser a preocupação número um na minha vida".

Há quem romantize a declaração e curta. Milionário, solteiro e cobiçado, Son chamada atenção até de beldades brasileiras. Karoline Lima, ex de Éder Militão, tem curtido as fotos do coreano.