Estreia do Botafogo no Carioca exige responsabilidade extra para Lúcio Flávio

Glorioso estreia neste domingo pelo Carioca (Foto: Vítor Silva/Botafogo)


Além da busca pelos três pontos na estreia, Lúcio Flávio terá outro desafio importante na primeira rodada do Campeonato Carioca. O ex-jogador e atual treinador da equipe sub-23 alvinegra precisará dar início ao "Botafogo Way", uma prática que vem sendo exigida por John Textor e tem sido trabalhada internamente no clube.

A ideia da SAF é implementar uma identidade definida em todas as categorias. Durante uma entrevista realizada ao longo desta semana, Lúcio Flávio reforçou que buscará efetuar um estilo de jogo parecido com o que vem sendo aplicado por Luís Castro na equipe principal.

+ MERCADO DA BOLA: Acompanhe as movimentações dos clubes nesta janela de transferências

+ Saiba os times do coração de todos os participantes do BBB 23

A ideia exige paciência e cautela, tendo em vista que as categorias possuem diferentes expectativas e materiais humanos. No entanto, a tendência é que esta unificação do modelo de jogo seja colocada de vez em prática em 2023.

Nesta janela de transferências, o Glorioso acertou com reforços pontuais para qualificar seu time B. Nomes como Luis Phelipe, João Fernando, Eduardo Jesus e João Fernando foram contratados para atuar nos primeiros jogos do Estadual e servir como opção ao longo da temporada.

Além dos reforços, Botafogo também conta com jogadores promissores no time B. Bernardo Vallim, por exemplo, viajou para excursão da Inglaterra com os jogadores do elenco principal, é apontado como uma das joias do clube e participará dos primeiros jogos do Carioca.

Com reforços qualificados chegando e jogadores promissores no elenco, Lúcio Flávio ganha mais possibilidades de promover mudanças e implementar um estilo de jogo bem definido na equipe. O time B do Botafogo entra em campo neste domingo, às 16h, diante do Audax, no Nilton Santos.