Lanterna do grupo, Cruzeiro busca recuperação contra La U na Libertadores

EFE

Santiago (Chile), 18 abr (EFE).- Ainda sem vencer nesta edição da Taça Libertadores, o Cruzeiro buscará encerrar o jejum e sair da lanterna do grupo 5 nesta quinta-feira, em Santiago, contra uma Universidad do Chile ferida após ter perdido para o Colo Colo no Campeonato Chileno.

A equipe celeste chegou à capital chilena na noite da última terça-feira, dias após perder para o Grêmio por 1 a 0 no sábado, em pleno Mineirão, na rodada de abertura do Campeonato Brasileiro.

Até agora, o técnico Mano Menezes não definiu o time que irá a campo, principalmente devido à dúvida no ataque, com a possibilidade de Sassá entrar no lugar de Rafael Sóbis por opção técnica.

Na terça-feira voltaram aos treinos o atacante David, o lateral-direito Ezequiel, o meia Lucas Romero e o zagueiro Murilo Cerqueira, mas só o primeiro estaria em condições de jogar em Santiago.

O Cruzeiro possui apenas um ponto no grupo 5, assim como o Vasco, que ocupa a terceira posição por levar a melhor no saldo de gols. Invicta e na vice-liderança, com os mesmos quatro pontos que o Racing, a Universidad do Chile tentará manter o bom desempenho no torneio continental para esquecer a dura derrota no último domingo.

De virada, o time treinado por Ángel Guillermo Hoyos foi derrotado por 3 a 1 em casa, com direito às expulsões de Beausejour e Reyes no segundo tempo e diversas discussões entre companheiros de equipe.

A missão do técnico argentino nos últimos dias foi recompor o grupo e tentar recuperar o futebol que não foi apresentado no clássico. A imprensa local afirma que o estilo de Hoyos perturba os jogadores por recuar o equipe quando está em vantagem, o que incomoda atletas habituados a se defender atacando, como nos tempos em que Jorge Sampaoli era o treinador.

Esse recuo ocorreu no clássico contra o Colo Colo e também contra o Racing, quando La U abriu o placar e cedeu o empate à equipe argentina.

A equipe chilena não deverá apresentar novidades, exceto pela volta do zagueiro Gonzalo Jara, ausente no clássico por lesão e ainda dúvida para a partida. Rafael Vaz, ex-Vasco e Flamengo, é opção para completar o time titular.


Prováveis escalações:.

Universidad do Chile: Herrera; Vilches, Echeverría e Jara (Rafael Vaz); Rodríguez, Reyes, David Pizarro e Beausejour; Araos, Soteldo e Pinilla. Técnico: Ángel Guillermo Hoyos.

Cruzeiro: Fábio; Lucas Romero, Léo, Dedé e Egídio; Henrique, Cabral, Robinho e Thiago Neves; Arrascaeta e Rafael Sóbis (Sassá). Técnico: Mano Menezes.

Árbitro: Víctor Carrillo (Peru), auxiliado pelos compatriotas Jonny Bossio e Raúl López.

Estádio: Nacional, em Santiago (Chile). EFE


Leia também