Estrangeiros decidem, Botafogo vence o Sport e encerra jejum

Felippe Rocha
LANCE!
Botafogo x Sport

Estrangeiros decidem, Botafogo vence o Sport e encerra jejum

Botafogo x Sport


Diante de um Sport frágil, o Botafogo fez a parte dele. O Glorioso se impôs, não deixou os visitantes verem a bola e venceu por 2 a 0. Gols de dois estrangeiros. O Alvinegro manda para longe cinco jogos sem vencer no Brasileiro. O Leão aumentou a seca para 11 partidas.

CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO DO BRASILEIRÃO
> Clique aqui para ver

Que fase!
Apesar do problema muscular sentido por Saulo contra o Palmeiras ter sido minimizado, ele se prolongou. O goleiro voltou a sentir e Diego, de 20 anos, precisou estrear. Quarto goleiro na hierarquia, foI à guerra após os três acima estarem debilitados. E praticamente só assistiu....

Um só lado
Desde os primeiros movimentos, ficou claro que o lado esquerdo do ataque botafoguense seria o mais acionado. E Luiz Fernando parecia mesmo em grande noite: aos três, ele cruzou para Igor Rabello cabecear para fora; chegou a fazer um gol, após chute cruzado, mas um impedimento duvidoso fora marcado; e ainda produziu outras jogadas. O Sport, no primeiro tempo, pouco fez no Nilton Santos.

Na bronca com a arbitragem
Brenner também teve boa chance, aos 29 minutos. Magrão defendeu também o rebote para o qual Carli se aproximava. Foi depois de rara jogada pela direita, do estreante Erik e do lateral Marcinho. Mas torcida e jogadores reclamavam muito do apito e das bandeiras. A cera dos jogadores do time visitante e o gol não validado de Luiz Fernando foram as principais contestações vistas.

Pressão, pressão e gol
O segundo tempo foi uma versão mais acachapante do primeiro. O Alvinegro dominou e amassou ainda mais o Sport. Os mandantes chegavam com cada vez mais gente. E, desta vez, também pela direita. Marcinho e Erik e produziram perigo. Mas foi a partir de Luiz Fernando e Valencia que o gol saiu. O chileno cobrou escanteio, o ponta cruzou e Carli quem comemorou, aos 16 minutos.

A última pá de cal
A noite que viu Diego estrear como profissional e Erik jogar pela primeira vez pelo Glorioso também fez outro debutante. Após perder chance incrível e 16 jogos depois, o atacante uruguaio Aguirre marcou o primeiro dele pelo Alvinegro Carioca.

FICHA TÉCNICA
BOTAOGO 2 X 0 SPORT
Estádio:

Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 25/8/2018, às 21h
Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Daniel H. da Silva Andrade e Ciro Chaban Junqueira (ambos de DF)
Público/Renda: 5.566 pagantes (6.031 presentes) / R$43.980,00
Cartões amarelos: Igor Rabello e Dudu Cearense (BOT); Deivid (SPO).
Cartão vermelho: Não houve
Gols: Carli, aos 16'/2ºT, e Aguirre, aos 38'/2ºT.





















BOTAFOGO: Diego, Marcinho, Carli, Igor Rabello e Gilson; Jean e Matheus Fernandes; Erik, Valencia e Luiz Fernando; Brenner (Aguirre, 30'/2ºT) - Técnico: Zé Ricardo.

SPORT: Magrão, Gabriel, Ronaldo Alves, Durval e Ernando; Deivid e Fellipe Bastos; Morato (Andrigo, 22'/2ºT), Hernane, Marlone (Michel Bastos, 19'/2ºT) e Rogério - Técnico: Eduardo Baptista.
- Técnico: Eduardo Baptista.



Leia também