Estrada afora e ingressos no cofre: ônibus rumo a Lima partem do Rio

Imagem antes do embarque, na Glória (Foto: Henrique Campos - Buser)
Imagem antes do embarque, na Glória (Foto: Henrique Campos - Buser)


Partiu. Desde a manhã desta segunda-feira, do bairro da Glória (Zona Sul do Rio de Janeiro), a Buser, plataforma online de fretamento colaborativo de ônibus, iniciou o transporte de flamenguistas com destino à final da Copa Libertadores, a ocorrer neste sábado, com o duelo entre Flamengo e River Plate, no Estádio Monumental de Lima, em Lima (Peru).

No total, ida e volta, serão 11 dias de estrada com paradas nas fronteiras de Argentina, Chile e Peru, com ônibus de leito para realizar o transporte rumo ao sonho dos rubro-negros pelo bicampeonato da América.

De acordo com a diretora de marketing da Buser, Fátima Bana, a plataforma avalia de maneira positiva a receptividade das ações por parte do público. E explicou: os ingressos serão transportados em um cofre, pelo ar e de maneira sigilosa.

- Recebemos muitas interações no Instagram (através de ações como ações #JogaremosJuntosnoPeru e a #SortudosBuser) e no link que disponibilizamos. Estamos contentes de poder possibilitar mais essa alegria aos nossos torcedores flamenguistas que irão para o Peru em busca do tão sonhado título - explicou.

- Para a Buser, a prioridade sempre é a segurança dos nossos mais de 4 mil buseiros que cruzam o Brasil diariamente recebendo os serviços dos nossos parceiros e não será diferente para esses sortudos que irão torcer cruzando fronteiras. Além disso, todos os ingressos serão transportados de aéreo em um cofre. Essas medidas foram tomadas justamente para garantirmos a segurança de todos que irão. A Buser se preocupa com isso - disse.

Para o diretor de operações da Buser, Thiago Zanetti, deu mais detalhes sobre a trajetória - cabe destacar que a empresa, também por motivos de segurança, não revela a quantidade de ônibus e torcedores envolvidos na viagem.

- Assumimos esse desafio de abraçar e tocar essa operação em uma viagem com quatro dias e meio de duração e mais de 5.000 km. Cruzando três Fronteiras e levando torcedores apaixonados para a realização de um sonho. Para tudo ocorrer bem, estudamos muito o trajeto, as paradas na viagem, a escolha do ônibus, a quantidade de motoristas, levar segurança a bordo, seguro de viagem, qualificação das empresas de fretamento e qualificação dos motoristas - finalizou.

A delegação do Fla, por sua vez, chega na capital peruana nesta quarta.














Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também